sexta-feira, 28 de abril de 2017

CGADB-Eleições Anuladas, Vexame e Vergonha !



Justiça invade a AD do Belenzinho-SP, pára AGO ilegal, proíbe posse da diretoria ilegitimamente eleita, constrange os presentes, e submete obreiros e a igreja, a aprender a respeitar a lei. Um vexame total, justo na própria casa deles.

Entendam : Depois de realizarem a eleição da CGADB por conta própria, mesmo contrariando uma decisão judicial, apuraram os votos e festejaram a vitória em ritmo de deboche.

Duas semanas depois, mesmo com toda aquela encenação não tendo valor legal nenhum, à revelia da justiça, inventaram outra AGO na casa deles – no Belém, para celebrar o ápice do desmando, e falta de respeito com as autoridades constituídas. 

Como pano de fundo, inventaram uma pauta de nome : “Nova Confissão de Fé” – a velha teria prescrito talvez, ou Novo Credo da Igreja deles, com novidades sobre a trindade, que segundo eles, acabou. Agora, o Espírito Santo não é Deus, e sim, apenas “um espírito de Deus”. Vem muito barulho em função disto.

Como era de se esperar, foi um Deus nos acuda, não deu acordo, mas, o pior ainda estava por vir, num evento esvaziado, onde não haviam 1.500 pastores deles no início, e no final, uns 500 apenas, num desolador clima de tumulto e incertezas, no novo templo que comporta 5 mil pessoas – segundo eles.

O plano era quase perfeito, mas, esqueceram que com Deus e a justiça não se brinca. Quebraram a cara feio. Aproveitaram então para eleger o Pr José Wellington, presidente do Conselho Deliberativo da CPAD, posto que era do seu filho, numa costura “o filho no lugar do pai, e o pai no lugar do filho”, tudo em família, um fiscalizando o outro, como há anos tem sido. O desenho era este.

Ora, que receio é este de não permitir nessa função, alguém fora da família deles ?

Transcorria tudo aparentemente bem, até que um juiz de direito entrou na igreja, e parou toda manobra, um tumulto sem precedentes, uma coisa horrível para quem se diz de Deus. Um dos filhos do Pr José Wellington, usando a palavra em tom desrespeitoso, teria no calor da desordem, chamado de “canalhas”quem não apoiasse as decisões e vontades do seu pai. O clima esquentou.

Foi um tal de advogado daqui, interventor dali, oficial de justiça, o diabo a quatro, e assim encerrou prematuramente ontem, mais um triste capítulo desse desastre conhecido como CGADB.

A eleição de 9 de abril está definitivamente ANULADA, e essa AGO, que elegeu o pai na CPAD, no lugar do filho, e protagonizou essa provável heresia, não teve valor legal nenhum.

Avaliem sensatamente : Será que esses atos por si sóis já não dizem tudo, somados às graves acusações que se arrastam por anos sobre essa questionável gestão que sai, ou, como os acusados da Lava Jato dizem, tudo não passa de ilações ?

Deus, a justiça e o tempo nos esclarecerão. Aqui pra nós :

“Homens de Deus, ou AMANTES DE SI MESMOS” ?


PASTOR EDUARDO SILVA


6 comentários:

Samuel Oliveira disse...

Infelizmente ainda há irmãos que apoiam essas vergonhas, votando no continuismo da corrupção. Semelhantes atraindo semelhantes. Deus vai tirar essa banda podre da nossa CGADB.

David Saldanha disse...

Tinha que acabarmesmo ,com Deus não. se brinca.

David Saldanha disse...

Tinha que acabarmesmo ,com Deus não. se brinca.

Enock Ribeiro da Silva disse...

Lamentável

David Saldanha disse...

É. Pastor tá. Mas parecendo amantes de si mesmos

Alexandre Alves disse...

Além de cantar muito, ótimo texto PR Eduardo