quinta-feira, 26 de março de 2009

Reflexão-24 - Um Sinal de Fumaça pode não ser o Fim!

Um certo homem saiu em uma viagem de avião. Era um homem temente a Deus; sabia que Deus o protegeria sempre. Durante a viagem, quando sobrevoavam o oceano, um dos motores falhou e o piloto teve que fazer um pouso forçado nas águas. Quase todos morreram, mas ele conseguiu agarrar-se a algo flutuante que o manteve sobre as águas, vivo. Ficou boiando à deriva durante muito tempo até que chegou a uma ilha desabitada.

Cansado, porém vivo, agradeceu a Deus por aquele livramento maravilhoso, mesmo de certa forma triste pelos que não sobreviveram. Ficou ali se alimentando de peixes e ervas. Conseguiu derrubar algumas árvores e com muito esforço, construir uma casinha para se amparar. Na verdade não era bem uma casa, mas um improvisado abrigo feito de pedaços de madeiras e folhas, que significava proteção.

Àquele homem ficou ali, mesmo diante do que havia acontecido, todo satisfeito e mais uma vez agradeceu a Deus, porque podia finalmente, dormir sem medo dos animais selvagens que habitavam àquela ilha.

Um dia, depois de haver feito uma pescaria para sobreviver, todo feliz com o resultado de sua empreitada, voltando para a sua simples tenda tamanha foi a sua surpresa ao ver a sua modestia casinha em chamas. Ele se sentou numa pedra chorando e dizendo em prantos : "Deus ! Como é que o Senhor podia deixar isto acontecer logo comigo? O Senhor sabe que eu preciso muito desta casa para poder me abrigar, e o Senhor deixou justamente ela pegar fogo, Senhor! " . Onde está a tua compaixão e o teu amor por mim?

Vencido pelo cansaço, ele acabou dormindo. Horas depois ele acordou assustado, pois, uma mão pousou no seu ombro e ele ouviu uma voz dizendo :"Vamos, rapaz!". Ele se virou para ver quem estava falando, e qual não foi a sua surpresa quando viu em sua frente um marinheiro fardado e dizendo : "Vamos rapaz, nós viemos te buscar !". Retrucou ele sem entender nada : "Mas, como isto foi possivel, quem é voce, como chegou aqui, Como voce soube que eu estava aqui?". Ora, respondeu o marinheiro, vimos os seus sinais de fumaça pedindo socorro. O capitão ordenou que o navio parasse e me mandou vir lhe buscar naquele barco ali adiante.

MORAL DA HISTÓRIA, é comum nos sentirmos desencorajados e até mesmo desesperados quando as coisas vão mal e não acontecem como desejamos. Mas Deus age em nosso benefício mesmo nos momentos de dor e sofrimento, contrariando às vezes toda lógica humana.

Lembre-se : Se algum dia o seu único abrigo estiver em chamas, esse pode ser o sinal de fumaça que fará chegar à você a Graça Divina, o socorro pronto e imediato de Deus, a manifestação do cuidado do Senhor para com os seus, dos quais ele nunca se esquece ...

"Porventura pode uma mulher esquecer-se tanto de seu filho que cria, que não se compadeça dele, do filho do seu ventre? Mas ainda que esta se esquecesse dele, contudo eu não me esquecerei de ti". Isaías 49.15

(Reebido por e-mail, de um amigo)

______________________________

Pr Eduardo Silva

Nenhum comentário: