quinta-feira, 21 de julho de 2011

A Vantagem de Ser Amigo e o Privilegio de ser Filho !



Lc 11.05-13 Disse-lhes também: Qual de vós terá um amigo, e, se for procurá-lo à meia-noite, e lhe disser: Amigo, empresta-me três pães,

Vers. 06 Pois que um amigo meu chegou a minha casa, vindo de caminho, e não tenho que apresentar-lhe;

Vers. 07 Se ele, respondendo de dentro, disser: Não me importunes; já está a porta fechada, e os meus filhos estão comigo na cama; não posso levantar-me para tos dar;

Vers. 08 Digo-vos que, ainda que não se levante a dar-lhos, por ser seu amigo, levantar-se-á, todavia, por causa da sua importunação, e lhe dará tudo o que houver mister.

Vers. 09 E eu vos digo a vós: Pedi, e dar-se-vos-á; buscai, e achareis; batei, e abrir-se-vos-á;

Vers. 10 Porque qualquer que pede recebe; e quem busca acha; e a quem bate abrir-se-lhe-á.

Vers. 11 E qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, também, se lhe pedir peixe, lhe dará por peixe uma serpente?

Vers. 12 Ou, também, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião?

Vers. 13 Pois se vós, sendo maus, sabeis dar boas dádivas aos vossos filhos, quanto mais dará o Pai celestial o Espírito Santo àqueles que lho pedirem?

Introdução: Na parábola do Amigo Importuno, Jesus apresenta duas situações que nos mostram a forma do Pai atender os seus. Na verdade esta parábola nos mostra dois grupos que pedem a Deus suas bênçãos. O primeiro vai dos versículos 05 ao 10, e é chamado de amigos. O segundo vai dos versículos 10 ao 3 e são chamados de filhos, pois estão dentro de casa com o Pai. Os amigos tem vantagens, mas os filhos tem privilégios.

Vejamos:

A Vantagem de ser Amigo

1) Amigos não tem o privilégio de estar dentro de casa com os filhos, por isso são importunos. Ficam de fora pedindo por eles e por outros amigos (vers. 05 e 06)

2) Procuram usufruir juntos das bênçãos que pediram : Veja que ele pede três pães. Uma pergunta, por que três se o socorro é apenas para um ? No mínino iria usufruir também do alimento emprestado. Vivem de carona naquilo que as vezes intercede por outros. Te dou mas quero o troco. Vou orar, mas se Deus te der, lembre-se de mim.

3) Amigos às vezes recebem coisas que Deus não quer dar. Vencem pela importunação. Ele não respeitou a vontade do amigo de naquele momento não querer levantar-se para atendê-lo (vers.08). Precisamos aprender a entender a vontade de Deus, de em determinado momento nos dizer não (Is.55.08)

4) Amigo quando acaba de pedir, e recebe, volta para sua casa sem interessar-se mais pelo doador. Vai atender seus interesses e seguir sua vida normal, até a próxima importunação.

5) Pode ser até vantajoso ser amigo de Deus, pois as vezes são atendidos até primeiro que os filhos (Os filhos só foram atendidos depois pelo Pai). Mas isso não significa privilégio, pois até Judas foi chamado de amigo por Jesus (Mt 26.50)

O Privilégio de ser Filho

Ser filho demanda um alto privilégio, pois trata-se de usufruir de um direito que o amigo não tem:

1) Vive dentro da casa com o Pai, sentindo sua real presença e vivendo e gozando de sua intimidade. Ouve sua voz, senta-se a mesa com Ele, etc.

2) Os filhos nem sempre são atendidos primeiro, pois estão no repouso descansando com o Pai (Sl 37.07), e sabem que não necessitam de muito esforço nem importunação fora de hora para serem atendidos.

3) Recebem do Pai exatamente como pedem, sem alterar uma vírgula da resposta de Deus:

a) Ao invés de pedra, pão (nutritivo e macio)

b) Ao invés de serpente peixe (saboroso e sem veneno)

c) Ao invés de escorpião, ovo (produtivo sem ser traidor)

4) Podem até andar distante, mas quando voltam o acesso é livre, pois nunca deixam de ser filhos (Lc 5.24)

Pr. Josias Almeida

Obs : Transcrito na integra do Blog (www.josiasalmeida.blogspot.com), postagem de 10/06/2011, sob o titulo : "A Vantagem de Ser Amigo e o Privilégio de ser Filho".

__________________________________________

Pr Eduardo Silva

Nenhum comentário: