segunda-feira, 4 de maio de 2009

As Mudanças que o homem está impondo ao Santo Evangelho de Jesus!

Ultimamente tem surgido novidades as mais diversas no meio cristão. Primeiro foram os bispos, depois os apóstolos e agora, ultimamente, os gerentes, administradores ou gestores da igreja do Senhor. Quem sabe os próximos títulos não sejam : "Os Papas Evangélicos"?

A impressão que se tem, é que esses inovadores andam de certa forma, com vergonha do sublime nome de pastor que eles ostentam, aliás, um nome com o qual Jesus muito se identificou.

João 10. 14 "Eu sou o bom Pastor, e conheço as minhas ovelhas, e das minhas sou conhecido".

Não me consta em nenhuma tradução bíblica contemporânea ou antiga, nada parecido com tamanho absurdo que beira a heresia, tão própria dos criadores de seitas e todo tipo de doutrinas falsas.

Provavelmente na avaliação moderna e distorcida desses inovadores, os textos bíblicos abaixo deveriam ser modificados ao seu bel prazer, assim:

João 10.12 "Mas o mercenário, e o que não é "GERENTE, ADMINISTRADOR OU GESTOR" - pastor, de quem não são as ovelhas, vê vir o lobo, e deixa as ovelhas, e foge; e o lobo as arrebata e dispersa as ovelhas".

Marcos 06.34 E Jesus, saindo, viu uma grande multidão, e teve compaixão deles, porque eram como ovelhas que não têm "GERENTE, ADMINISTRADOR OU GESTOR" - pastor; e começou a ensinar-lhes muitas coisas.

João 10.16 Ainda tenho outras ovelhas que não são deste aprisco; também me convém agregar estas, e elas ouvirão a minha voz, e haverá um rebanho e um "GERENTE, ADMINISTRADOR OU GESTOR" - Pastor.

Fala-se muito e até de forma descabida e desnecessária, dos tempos em que a igreja primava pelos bons costumes e a sã doutrina. A doutrina de que muitos deles falam, fundamenta-se em usos e costumes - adereços, roupas e objetos do vestuário feminino, como se Deus quisesse do homem apenas o esteriótipo, o que se vê, a sua aparência e pronto, está tudo certo...

Por anos e até hoje esse equívoco perdura em algumas igrejas e ministérios não poucos - costumam fazer um parâmetro de santidade e vida com Deus, quem veste-se como uma santa, de preferencia que mantenha os cabelos compridos e sem nenhum sinal de corte. Nada de produção visual no rosto, nada. Pode estar com os cabelos desalinhados, os pelos das pernas à mostra, mas se a roupa - vestido ou saia for comprida até o chão, ai está a verdadeira serva de Deus. Então, as irmães de cor negra, coitadas, o que fazem para demonstrar tal nível de santificação e pureza?

Estão impondo ao evangelho de Jesus algo que nem o próprio Cristo deixou. E por ai vão. Agora, heresias do tipo : Apagar o nome de "pastor" de "suas igrejas", substituindo-o por algo mais moderno, mais tecnico, digamos assim, mais atual, isto pode, sim, isto é descente, correto, bíblico no entender desses "desajustados nada espirituais".

Oremos por nossa igreja. É urgente e Deus tem pressa em dar um basta em tantos abusos como esses e outros não menos graves e antibíblicos sobretudo, quase sempre oriundos de mentes loucas, homens que buscam a glória para si dentre outros descontroles. Mais um sinal do fim dos tempos... Mateus 24.04-13

04 E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane;

05 Porque muitos virão em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos.

06 E ouvireis de guerras e de rumores de guerras; olhai, não vos assusteis, porque é mister que isso tudo aconteça, mas ainda não é o fim.

07 Porquanto se levantará nação contra nação, e reino contra reino, e haverá fomes, e pestes, e terremotos, em vários lugares.

08 Mas todas estas coisas são o princípio de dores.

09 Então vos hão de entregar para serdes atormentados, e matar-vos-ão; e sereis odiados de todas as nações por causa do meu nome.

10 Nesse tempo muitos serão escandalizados, e trair-se-ão uns aos outros, e uns aos outros se odiarão.

11 E surgirão muitos falsos profetas, e enganarão a muitos.

12 E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.

13 Mas aquele que perseverar até ao fim será salvo.

_______________________________________

Pr Eduardo Silva

Nenhum comentário: