quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Dons e Ministérios !


DONS E MINISTÉRIOS !
Ef 04.07, 11 e 12

Ef. 04.07 Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.

Vers. 11 E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,

Vers. 12 Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;

Conceito de Dons Capacidades ou talentos que o Espírito Santo concede aos servos de Deus para uso em favor dos outros.

Hb 02.04 Testificando também Deus com eles, por sinais, e milagres, e várias maravilhas e dons do Espírito Santo, distribuídos por sua vontade?

Há Diversidade de Dons !

Dons Espirituais, (Nove Dons, a saber) :

1 Co 12.01-11

Vers. 01 Acerca dos dons espirituais, não quero, irmãos, que sejais ignorantes.

Vers. 02 Vós bem sabeis que éreis gentios, levados aos ídolos mudos, conforme éreis guiados.

Vers. 03 Portanto, vos quero fazer compreender que ninguém que fala pelo Espírito de Deus diz : Jesus é anátema, e ninguém pode dizer que Jesus é o Senhor, senão pelo Espírito Santo.

Anátema, quer dizer : Prática religiosa antiga, pela qual pessoas ou coisas exigidas por Deus ou dedicadas a ele eram destruídas. No NT quer dizer "amaldiçoado”.

Vers. 04 Ora, há diversidade de dons, mas o Espírito é o mesmo.

Vers. 05 E há diversidade de ministérios, mas o Senhor é o mesmo.

Vers. 06 E há diversidade de operações, mas é o mesmo Deus que opera tudo em todos.

Vers. 07 Mas a manifestação do Espírito é dada a cada um, para o que for útil.

Vers. 08 Porque a um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; e a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência;

Vers. 09 E a outro, pelo mesmo Espírito, a fé; e a outro, pelo mesmo Espírito, os dons de curar;

Vers. 10 E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.

Vers. 11 Mas um só e o mesmo Espírito opera todas estas coisas, repartindo particularmente a cada um como quer.

Ø Palavra da Sabedoria
Há momentos em que somente uma palavra sabia da parte de Deus é capaz de mudar uma situação.
Pv 15.01 A resposta branda desvia o furor, mas a palavra dura suscita a ira.
Ec 07.12 Porque a sabedoria serve de defesa, como de defesa serve o dinheiro; mas a excelência do conhecimento é que a sabedoria dá vida ao seu possuidor.
Tg 01.01 E, se algum de vós tem falta de sabedoria, peça-a a Deus, que a todos dá liberalmente, e o não lança em rosto, e ser-lhe-á dada.

Ø Palavra da Ciencia
E algo acima da dimensao da sabedoria. Ciencia na esfera espiritual, apta a desvendar misterios.

Cl 02.01-03 Porque quero que saibais quão grande combate tenho por vós, e pelos que estão em Laodicéia, e por quantos não viram o meu rosto em carne;

Vers. 02 Para que os seus corações sejam consolados, e estejam unidos em amor, e enriquecidos da plenitude da inteligência, para conhecimento do mistério de Deus e Pai, e de Cristo,

Vers. 03 Em quem estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência.

Ø Dom da
A fé é um Dom e tem niveis diferenciados.
Rm 12.03 Porque pela graça que me é dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, conforme a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

Ø Dom de Curar
Há pessoas a quem Deus dá o Dom de Curar. Oram pelos enfermos e Deus os cura. Particularidades especificas de Deus com essas pessoas. Todos recebemos a autoridade de Jesus para orar pelos enfermos, entretanto, não podemos desconhecer este principio

Mc 16.18 Pegarão nas serpentes; e, se beberem alguma coisa mortífera, não lhes fará dano algum; e imporão as mãos sobre os enfermos e os curarão.

Ø Dom de Operação de maravilhas
Operação de maravilhas fala de milagres, prodigios, operações de Deus acima do convencional, coisas extraordinarias como um paralitico andar, um morto ressuscitar, etc

Sl 86.10 Porque tu és grande e fazes maravilhas; só tu és Deus.

Ø Dom de Profecia
A profecia tem somente três finalidades : edificar,
exortar e consolar. 1 Co 14.03.
No velho testamento, o ministerio profético era fundamental. Reis e lideres consultavam os profetas. Eles  eram usados por Deus em situações específicas e necessárias, ministério que se encerrou em Joao Batista.

Mt 11.13 Porque todos os profetas e a lei
profetizaram até João.

A maior profecia hoje é a palavra :

Pv 29.18 Não havendo profecia, o povo perece; porém o que guarda a lei, esse é bem-aventurado.

2 Pe 02.21 Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo. 

Ap 01.03 Bem-aventurado aquele que lê, e os que ouvem as palavras desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas; porque o tempo está próximo.

Ap 22.07 e 19 Eis que presto venho: Bem-aventurado aquele que guarda as palavras da profecia deste livro.

Vers. 19 E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro.

MINISTÉRIO PROFÉTICO - O ofício ou ministério profético foi iniciado por Moisés, e terminado em João Batista.  

Nm 11.24-26 “E saiu Moisés, e falou as palavras do SENHOR ao povo, e ajuntou setenta homens dos anciãos do povo e os pôs ao redor da tenda. Então o SENHOR desceu na nuvem, e lhe falou; e, tirando do espírito, que estava sobre ele, o pôs sobre aqueles setenta anciãos; e aconteceu que, quando o espírito repousou sobre eles, profetizaram; mas depois nunca mais.

Porém no arraial ficaram dois homens; o nome de um era Eldade, e do outro Medade; e repousou sobre eles o espírito (porquanto estavam entre os inscritos, ainda que não saíram à tenda), e profetizavam no arraial”.

Mt 11.13Porque todos os profetas e a lei profetizaram até João”.

DOM DE PROFECIAO dom de profecia continua à disposição da igreja, dentro dos fins previstos pelo apóstolo Paulo em 1 Co 14.03 “Mas o que profetiza fala aos homens, para edificação, exortação e consolação”.

1 Co 12.10 E a outro a operação de maravilhas; e a outro a profecia; e a outro o dom de discernir os espíritos; e a outro a variedade de línguas; e a outro a interpretação das línguas.

A MAIOR PROFECIA É A PALAVRA DE DEUS - Ap 22.19 “E, se alguém tirar quaisquer palavras do livro desta profecia, Deus tirará a sua parte do livro da vida, e da cidade santa, e das coisas que estão escritas neste livro”, e não pode ser de particular interpretação (interpretada à luz das conveniências humanas), pela ótica do interesse de quem a ouve 2 Pe 01.20-21 “Sabendo primeiramente isto: que nenhuma profecia da Escritura é de particular interpretação.

Porque a profecia nunca foi produzida por vontade de homem algum, mas os homens santos de Deus falaram inspirados pelo Espírito Santo”.

NÃO HAVENDO PROFECIA O POVO SE CORROMPE – Não havendo conhecimento da palavra, ministração, ensino, o pecado impera e a destruição será iminente.

Pv 29.18 Não havendo profecia, o povo perece; porém o que guarda a lei, esse é bem-aventurado.

Os 04.06 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

O INICIO DO MINISTÉRIO PROFÉTICO EM ISRAEL – O verbo “profetizar” aparece aqui pela primeira vez nas Escrituras Sagradas (Nm 11.24-29). Diz o versículo 25 :  “... quando o Espírito repousou sobre eles, profetizaram”. O versículo 26, diz : “E profetizaram no arraial”. Foi com essa congregação de setenta homens dos anciãos do povo hebreu que Moisés iniciou ao que posteriormente ficou conhecido como o ministério profético em Israel.

Apesar do verbo ter a sua primeira menção no livro de Números, a figura do profeta está presente desde a época patriarcal. Embora não se saiba qual era exatamente a sua função nesse período, parece-nos incluir a intercessão, visto que Deus disse a Abimeleque acerca de Abraão : “... porque profeta é e rogará por ti” Gn 20.07 .

O PROFETA E O SEU SIGNIFICADO – A palavra hebraica usada no Antigo Testamento para “profeta”, é “nabi”. Sua etimologia (origem e formação da palavra) é incerta, mas o verdadeiro significado é possivel pelo seu uso nas Escrituras. O diálogo entre Deus e Moisés (Ex 04.14-16), esclarece o sentido do termo, o qual é “falar em nome de Deus, ser um porta voz, um embaixador”.

Há quem negue a existência da escola e do ministério dos profetas como instituição em Israel nos tempos do Antigo Testamente. Entendemos que no ministério mosaico iniciou-se a atividade profética em Israel, entretanto, o profetismo, como movimento, surgiu séculos depois.

Mais tarde vemos que Samuel presidia a congregação de profetas em Naiote, região de Ramá, onde residia 1 Sm 07.17 – 19.19-23. E adiante, vemos a existencia de uma escola dos profetas composta por “filhos” dos que exerciam o ofício 2 Rs 02.03-05, 15.

É importante ressaltar que “filho” na Bíblia, siginifica também “discípulo, aprendiz Pv 03.01 e 21 – 2 Tm 02.01 Fm 01.10. Note que o texto sagrado revela a existência de uma organização de profetas bem estruturada, e Eliseu chegou a ser o mestre deles 2 Rs 06.01-03.

A CLASSIFICAÇÃO DOS PROFETAS NO ANTIGO TESTAMENTOOs profetas no AT são categorizados em clássicos, ou profetas escritores, e os conhecidos também como profetas não-escritores ou orais. Estes profetas orais ou não-escritores, são também chamados não literários, os quais não escreveram seus oráculos, como Samuel, Elias e Eliseu.

Os profetas clássicos são também chamados de literários, os quais escreveram suas profecias, como Isaías, Jeremias, Ezequiel, dentre outros. Trata-se de uma classificação simplesmente didática. Ambos os grupos desempenharam o mesmo ofício, mas em épocas diferentes.

Todos falaram em nome do Deus de Israel. As Escrituras empregaram a mesma expressão para ambos os grupos : “veio a palavra do Senhor a” ou fraseologia similar 1 Sm 15.10 – Is 38.04 – Jr 01.02. Todos esses profetas usavam a chancela de autoridade divina : “assim diz o Senhor1 Sm 15.02 – Is 07.07 – Jr 02.02.

O OFÍCIO PROFÉTICOA Bíblia retrata o profeta como alguém que era aceito nas câmaras do conselho divino, onde Deus revela o seu segredo Am 03.07 “Certamente o Senhor DEUS não fará coisa alguma, sem ter revelado o seu segredo aos seus servos, os profetas”.

O texto hebraico de 1 Sm 09.15-16 “Porque o SENHOR revelara isto aos ouvidos de Samuel, um dia antes que Saul viesse, dizendo : Amanhã a estas horas te enviarei um homem da terra de Benjamim, o qual ungirás por capitão sobre o meu povo de Israel, e ele livrará o meu povo da mão dos filisteus; porque tenho olhado para o meu povo; porque o seu clamor chegou a mim”,  retrata Deus revelando aos ouvidos do profeta.

Pelo processo da inspiração divina, Deus revelava o que estava oculto 2 Sm 07.27 “Pois tu, SENHOR dos Exércitos, Deus de Israel, revelaste aos ouvidos de teu servo, dizendo: Edificar-te-ei uma casa. Portanto o teu servo se animou para fazer-te esta oração”, de forma que o profeta percebia o que o Senhor dissera Jr 23.18 “Porque, quem esteve no conselho do SENHOR, e viu, e ouviu a sua palavra? Quem esteve atento à sua palavra, e ouviu” ?.

Esta comunhão com Deus era essencial para que a verdade de Deus fosse revelada pelo processo de inspiração profética. A Palavra do Senhor era comunicada ao profeta e mediada ao povo pelo Espírito Santo – com uma convicção poderosa e precisão exata.

COMO AS PESSOAS SE TORNAVAM PROFETAS – A pessoas se tornavam profetas ao perceberem que Deus estava falando com elas e precisavam então transmitir a mensabem recebida.

A consciência disso se manifestava de várias maneiras e a mensagem era transmitida conforme a personalidade única do profeta. Jeremias diz simplesmente que a mão do Senhor o tocou e palavras foram postas em sua boca Jr 01.09 “E estendeu o SENHOR a sua mão, e tocou-me na boca; e disse-me o SENHOR : Eis que ponho as minhas palavras na tua boca”.

Outros profetas tiveram visões e sonhos Is 05.01-07, repetindo um oráculo 2 Es 13.14-19 – Ez 04.01-03, ou escrevendo Is 30.08.
Grupos de profetas trabalharam nos centros de adoração 1 Sm 10.05 “Então chegarás ao outeiro de Deus, onde está a guarnição dos filisteus; e há de ser que, entrando ali na cidade, encontrarás um grupo de profetas que descem do alto, e trazem diante de si saltérios, e tambores, e flautas, e harpas; e eles estarão profetizando”, e se associavam então com os sacerdotes e levitas 2 Rs 23.02 “O rei subiu à casa do SENHOR, e com ele todos os homens de Judá, e todos os moradores de Jerusalém, os sacerdotes, os profetas e todo o povo, desde o menor até ao maior; e leu aos ouvidos deles todas as palavras do livro da aliança, que se achou na casa do SENHOR.

Em vista de conhecerem os abusos do sistema de sacrifícios e compreenderem que a vida moral dos adoradores não correspondia ao cerimonial, eles tendiam a atacar esses. Fizeram o que Jesus fez mais tarde com a samaritana, quando afirmou que a verdadeira adoração aceitável a Deus, é em Espírito e em verdade Jo 04.24 “Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade”.

Os profetas do AT transmitiam a mensagem de Deus no poder do Espírito Santo, que vinha sobre eles com esta finalidade específica. Não havia ainda o derramento do Espírito Santo que se apoderou da igreja primitiva na dispensação da graça.

Profecia toda hora e sem nenhum objetivo não faz sentido e não procede de Deus.

DEUS USAR ALGUÉM PARA DIZER :

Ø  Que está conosco
Ø  Que se agrada de nós
Ø  Que quer ou vai nos abençôar
Ø  Que chegou no local onde estamos
Ø  Que vai nos dar isso e aquilo

NÃO FAZ SENTIDO ALGUM. É REDUNDANCIA ABSURDA. JÁ TEMOS ESTAS PROMESSAS EM SUA PALAVRA.


Ø Dom de Discernir os Espiritos
Discernir quer dizer desvendar, entender algo que não está claro. Este é um dom necessário nos dias atuais. Se mais presente, não seriamos enganados por tantos hereges, enganadores da obra de Deus.
Jd 01.20-22 Mas vós, amados, edificando-vos a vós mesmos sobre a vossa santíssima fé, orando no Espírito Santo,
Vers 21 Conservai-vos a vós mesmos no amor de Deus, esperando a misericórdia de nosso Senhor Jesus Cristo para a vida eterna.
Vers. 22 E apiedai-vos de alguns, usando de discernimento;
Ø Dom de Variedade de Linguas
O falar em linguas é um dom que só edifica a quem fala.

1 Co 14.02 e 04 Porque o que fala em língua desconhecida não fala aos homens, senão a Deus; porque ninguém o entende, e em espírito fala mistérios.

Vers. 04 O que fala em língua desconhecida edifica-se a si mesmo, mas o que profetiza edifica a igreja.

Ø Dom de Interpretação das línguas
O falar em linguas só edificaria a igreja, havendo interpretação

1 Co 14.05 E eu quero que todos vós faleis em línguas, mas muito mais que profetizeis; porque o que profetiza é maior do que o que fala em línguas, a não ser que também interprete para que a igreja receba edificação.

Outros Dons Complementares :

a)         Dom de governo 1 Co 12.28
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

b)         Dom de socorro  1 Co 12.28
E a uns pôs Deus na igreja, primeiramente apóstolos, em segundo lugar profetas, em terceiro doutores, depois milagres, depois dons de curar, socorros, governos, variedades de línguas.

c)         Dons de Ministério Ef  04.08-11 – Rm 12.07a

Ef 04.08-11 Por isso diz: Subindo ao alto, levou cativo o cativeiro, E deu dons aos homens.

Ora, isto - ele subiu - que é, senão que também antes tinha descido às partes mais baixas da terra?

que desceu é também o mesmo que subiu acima de todos os céus, para cumprir todas as coisas.

E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores

Rm 12.07 Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;

d)         Dom de riquezas  Ec 05.19
E a todo o homem, a quem Deus deu riquezas e bens, e lhe deu poder para delas comer e tomar a sua porção, e gozar do seu trabalho, isto é dom de Deus.

e)         Dom de ensino Rm 12.07
Se é ministério, seja em ministrar; se é ensinar, haja dedicação ao ensino;

f)          Dom de exortar Rm 12.08
Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.

g)         Dom de repartir Rm 12.08
Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.
At 02.42-45 E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
Vers. 43 E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.
Vers. 44 E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.
Vers. 45 E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.
At 04.34-35 Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, e o depositavam aos pés dos apóstolos.
Vers. 35 E repartia-se a cada um, segundo a necessidade que cada um tinha.
h)         Dom de presidir, liderar Rm 12.08
Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.

i)          Dom de misericórdia Rm 12.08
Ou o que exorta, use esse dom em exortar; o que reparte, faça-o com liberalidade; o que preside, com cuidado; o que exercita misericórdia, com alegria.

Como administrar o Dom que há em nós ?

1 Pe 04.10 Cada um administre aos outros o dom como o recebeu, como bons despenseiros da multiforme graça de Deus.

Obs : a) Despenseiro - Pessoa encarregada da DESPENSA, ou o cristão como administrador dos seus DONS, ou ainda o obreiro como responsável por cuidar das coisas de Deus.

b) Multiforme – Variedade, diversificação de formas e maneiras
A Salvação é um Dom (uma dadiva) de Deus !

Ef 02.08 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom (dávida) de Deus.

A SALVAÇÃO É UM DOM DE DEUS

Rm 06.23 Porque o salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna, por Cristo Jesus nosso Senhor.

Ef 02.08 Porque pela graça sois salvos, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.

DEFINIÇÃO DE MINISTÉRIOS Ministério pode se definir, como :

a) Desempenho de um serviço. 


b) Exercício de um serviço religioso especial, como o dos levitas, sacerdotes, profetas e apóstolos

1Cr 06.32 E ministravam diante do tabernáculo da tenda da congregação com cantares, até que Salomão edificou a casa do SENHOR em Jerusalém; e estiveram, segundo o seu costume, no seu ministério.

1 Cr 24.03 E Davi, com Zadoque, dos filhos de Eleazar, e Aimeleque, dos filhos de Itamar, dividiu-os segundo o seu ofício no seu ministério.

Zc 07.07 Não foram estas as palavras que o SENHOR pregou pelo ministério dos primeiros profetas, quando Jerusalém estava habitada e em paz, com as suas cidades ao redor dela, e o sul e a campina eram habitados?

At 01.25 Para que tome parte neste ministério e apostolado, de que Judas se desviou, para ir para o seu próprio lugar.

c) Atividade desenvolvida por Jesus até a sua ascensão 

Lc 03.23 E o mesmo Jesus começava a ser de quase trinta anos, sendo (como se cuidava) filho de José, e José de Heli,

d) Cargo ou ofício de MINISTRO  (2 Co 6.3; 2 Tm 4.5).

DOM – Dote ou dádiva de Deus que se aplica ao exercício da vida cristã, na casa de Deus, conforme haja necessidade. Ex : Dons Espirituais e Complementares. Alguns desses dons sao direcionados a lideranca da Igreja especificamente.

MINISTÉRIO – É o desempenho, exercício ou atividade que se desenvolve na casa de Deus, mediante um chamamento especifico.

Mandamento – Oração, intercessão e pregaçao não é Dom, nem Ministério, e sim, Mandamento ou Ordenança Divina. Todos são convocados a orar, interceder e pregar o evangelho.

Mc 14.38 Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; o espírito, na verdade, está pronto, mas a carne é fraca.

Lc 21.36 Vigiai, pois, em todo o tempo, orando, para que sejais havidos por dignos de evitar todas estas coisas que hão de acontecer, e de estar em pé diante do Filho do homem.

Ts 05.17 Orai sem cessar.

Mc 16.15 E disse-lhes : Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura.
Ef 04.07, 11 e 12

Mas a graça foi dada a cada um de nós segundo a medida do dom de Cristo.
E ele mesmo deu uns para apóstolos, e outros para profetas, e outros para evangelistas, e outros para pastores e doutores,
Querendo o aperfeiçoamento dos santos, para a obra do ministério, para edificação do corpo de Cristo;

_________________________________________________
Pr Eduardo Silva



Nenhum comentário: