terça-feira, 3 de julho de 2012

Os Templos e a Arca da Aliança !

Os Templos e a Arca da Aliança

O Eterno Deus ordenou a Moisés, a construção da Arca da Aliança, no Sinai, Para Ser presente, entre o povo de Israel.

Quando o Rei Salomão construiu o Templo ao Senhor Deus de Israel, a Arca da Aliança que acompanhou os que tinham vindo do exílio do Egipto, foi colocada no lugar do Santo dos Santos.

Não pode haver Templo de Deus sem a Arca da Aliança.

Por esta razão, propus-me saber porquê que no Templo de Ezequiel e de Herodes, descrito nas Esturas não está registada a presença da Arca da Aliança ?

Durante anos procurei saber sobre esta intrigante questão e consultei livros e teólogos que me ajudassem a esclarecer sobre este assunto.

A resposta que obtive foi que o Templo de Ezequiel seria construído no milénio e que o de Herodes não se sabia da presença da Arca da Aliança.

Como nenhuma destas respostas tinham sentido, no meu entendimento, continuei em oração para que Deus me desse revelação.

Certo dia, comecei a imaginar que quando a Cidade Santa e o Templo foram destruídos e o povo levado para o cativeiro da Babilónia, Deus os seguiu à semelhança de como o fez no deserto.

O Templo de Ezequiel tem uma forma ciclópica que consiste no percurso da Terra Santa até ao rio Eufrates. 

Deus não abandonou o Seu povo durante a peregrinação para o cativeiro da Babilónia e o seu regresso até à restauração da Cidade Santa, à construção do Templo de Herodes que foi destruído no ano 70 da era cristã pelo General Tito ao serviço do império romano. 

Completaram-se assim os quatrocentos e noventa anos preditos pelo profeta, a saber :

“Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo e sobre a tua santa cidade, para extinguir a transgressão, e dar fim aos pecados, e espiar a iniquidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e ungir o Santo dos santos, Dn 09.24.
Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.
Daniel 9:24
Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.
Daniel 9:24
Setenta semanas estão determinadas sobre o teu povo, e sobre a tua santa cidade, para cessar a transgressão, e para dar fim aos pecados, e para expiar a iniqüidade, e trazer a justiça eterna, e selar a visão e a profecia, e para ungir o Santíssimo.
Daniel 9:24

No dia de Pentecostes, o Espírito repartiu-se em forma de línguas de fogo e veio habitar em todos aqueles que receberam Jesus Cristo, como o Messias de Deus, Salvador e Senhor, até ao dia da Sua segunda vinda.

Então, o Emanuel, o Único Senhor de todo o universo reunirá povos de todas as nações e de todas as línguas, como está escrito :

E abriu-se o céu o templo de Deus, e a arca do Seu concerto foi vista no Seu templo: e houve relâmpagos, e vozes, e trovões, e terramotos e grande saraiva, Ap 11.19.

Casal com uma missão

Amilcar e Isabel Rodrigues


Fonte : http://colunas.gospelmais.com.br/os-templos-e-a-arca-da-alianca_1159.html

________________________________________________________

Pr Eduardo Silva  

Nenhum comentário: