domingo, 22 de janeiro de 2017

Bondade e Misericórdia !


BONDADE E MISERICÓRDIA !
Sl 23.01-06

01 - O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.
Esse texto no original, é assim : “O Senhor é o meu pastor e isto me basta

Ø  O Senhor é o meu pastor, e nele tudo eu tenho !
Ø  O Senhor é o meu pastor, e nele me satisfaço !
Ø  O Senhor é o meu pastor, e pronto, de nada terei falta !

Quando o apóstolo Paulo insistiu com Deus para se vê livre de um espinho na carne que o atormentava, teve como resposta : A MINHA GRAÇA TE BASTA !

Deus estava dizendo a Paulo o seguinte :

Ø  Paulo, contente-se com o que você já tem
Ø  Paulo, alegre-se com o que eu te fiz
Ø  Paulo, o espinho é seu, conviva com ele

 02 - Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.

NB. Nesta expressão, vemos o salmista Davi se referindo ao pasto como também um lugar de descanso, ou seja, um cantinho de alimento e paz. O pastor de ovelhas na Judéia e em todo lugar, tem algumas preocupações básicas :

Ø  Vistoriar o campo onde as suas ovelhas vão estar
Ø  Saber em detalhes os acessos à água que o rebanho vai beber
Ø  Proteger o rebanho dos lobos devoradores de plantão
Ø  Resgatar as ovelhas que se dispersam por conta própria

03 - Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

NB. As vezes precisamos que uma brisa suave da parte de Deus, venha soprar em nossa alma, tamanho é o calor que a vida nos impõe.
At 03.19 Arrependei-vos, pois, e convertei-vos, para que sejam apagados os vossos pecados, e venham assim os tempos do refrigério pela presença do Senhor.

04 - Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

NB. O poeta Davi se expressa falando de possíveis perigos e riscos de vida que ele pudesse enfrentar, dizendo que ainda assim, a vara e o cajado do Senhor o consolaria. Vara e cajado são dois instrumentos de uso pastoral. Com a vara o pastor guia as ovelhas, e com o cajado as corrige para que não se afastem do aprisco, e se percam no caminho.

05 - Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

NB. Celebrar as vitórias de Deus em nossa vida é fruto de um coração grato. Se Deus permitir que isto seja diante de nossos inimigos, que esta tarefa seja de Deus, entretanto, não nos cabe fazer das vitorias que ele nos dá, motivo de desfeita ou vingança sobre quem eventualmente nos tenha prejudicado de certa forma. A celebração diante de todos é uma mesa que só o Senhor nos pode preparar.

06 - Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do Senhor por longos dias.

Bondade é tudo de bom e agradável da parte de Deus, que nos alcança : O dom da vida, a saúde, a família, a igreja, os amigos, os pastores, os parentes, o pão de cada dia,o emprego, etc.

Misericórdia é a plenitude da compaixão do Senhor por nós, mesmo quando nada merecemos. Misericórdia é quando merecemos a justiça do Senhor sobre nós, e ele age com extremo amor e tolerância.

Muitas vezes e de forma imperceptível, Deus usa de bondade para conosco, nos dando tantos livramentos, e noutras ocasiões, somos alvo da sua misericórdia, quando merecemos o rigor da sua vingança.

Lm 03.22 As misericórdias do Senhor são a causa de não sermos consumidos, porque as suas misericórdias não têm fim.

Que a bondade e a misericórdia do Senhor nos sigam todos os dias, e possamos habitar em sua casa e na sua presente, todos os dias de nossas vidas.  Amem.


PASTOR EDUARDO SILVA, para o quadro : DEGUSTANDO A PALAVRA

Nenhum comentário: