domingo, 4 de setembro de 2011

Apostila - Liturgia, Música e Louvor !

 LITURGIA, MÚSICA E LOUVOR !



Esta disciplina vai abordar, nesta modesta apostila, ainda que de forma singela e não completa, claro, alguns aspectos da Liturgia de um Culto, seus valores e a sua importância, com enfoque na música, e sobretudo, no que de fato vem a ser Um Perfeito Louvor a Deus.

Os tempos modernos trouxeram à igreja do Senhor, de forma sutil, costumes, práticas e estilos musicais que nem sempre podem ser adequados ao Perfil de Louvor dos Verdadeiros Adoradores.

Há quem afirme que todo estilo musical pode ser utilizado no Louvor a Deus. Eu particularmente penso diferente. Este tema complexo é por demais discutido e quase sempre não se chega a um consenso.

Quando falamos de música, não temos como dissociar o tema de Cultura. Música e Cultura se misturam, na medida em que essa música fala das raízes, práticas, crenças e história de um determinado povo.

Quando esse povo tem histórico religioso conflitante com a palavra de Deus, logo a sua música por ter influencia nessas origens, como é o caso por exemplo, da maioria das musicas africanas (estilo afro) , seu conteúdo está inevitavelmente atrelado, conectado, comprometido com tais práticas de forma muito contundente e indisfarçada (clara).

Mesmo entendendo que este simples trabalho não esgota o assunto, nem tem por objetivo fazê-lo, esperamos que você possa ser sobremaneira abençoado e esteja, portanto, adquirindo mais conhecimentos que o ajude a ser um melhor adorador do Senhor, um cultuador por excelência, em tempos tão difíceis e trabalhosos.

Mt 24.12  E, por se multiplicar a iniqüidade, o amor de muitos esfriará.

2 Tm 03.01 Sabe, porém, isto: que nos últimos dias sobrevirão tempos trabalhosos.


LITURGIA

LITURGIA – Liturgia é o conjunto de Cerimônias Religiosas, ritual ou prática que resulta no serviço de um culto. Mais sobre Liturgia : http://pt.wikipedia.org/wiki/Liturgia

Tudo o que acontece num culto desde o seu início ao seu encerramento, à oração final, passa por um procedimento que chamamos de Liturgia, ou seja, todas as sequencias que se sucedem num culto.

LITURGIA MAIS COMUM DE UM CULTO RELIGIOSO

Faz parte fundamental e indispensável da Liturgia de um Culto :  Orações, Cânticos (louvores), Leitura Bíblica, Ofertório e a Pregação da Palavra de Deus.

COSTUMES E PRÁTICAS
DENOMINACIONAIS ISOLADAS

As mais diversas denominações evangélicas no Brasil, adotam em alguns casos, formas individuais diferentes de cultos, segundo suas tradições e sobretudo orientação doutrinária, entretanto, no conteúdo, quase sempre todas elas seguem uma mesma Liturgia básica de cultos.

O CULTO DIVINO

Rogo-vos, pois, irmãos, pela compaixão de Deus, que apresenteis os vossos corpos em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional.  Rm 12.01

Obs : Culto Racional – Conforme a razão.

Conceito  –  Culto é um conjunto de manifestações e atos de adoração. Etimologicamente, quer dizer : “A mais elevada homenagem que se presta a uma divindade, isto é, adoração na mais restrita acepção do termo”.

Propósitos do Culto

Ø  Aproximar o homem de Deus
Ø  Conceder instrução para o viver diário
Ø  Promover a oportunidade de uma consciência pura
Ø  Prover estímulos espirituais e morais para a vida
Ø  Colocar o homem em plena comunhão com Deus

Finalidade Principal do Culto 

Adorar a Deus e testemunhar o amor de Deus em nossas vidas, cabendo a direção ao Espírito Santo, mas tendo a indispensável participação humana, que deve estar em plena sintonia com Ele.

Jo 04.23-24 Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

Vers. 24 Deus é Espírito, e importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

Os mais Diversos Tipos de Culto

a)     Culto Público – É o ofício sagrado que permite a todas as pessoas participarem dele. Normalmente o “culto Evangelístico”, ainda que nem todo culto evangelístico tenha caráter público (às vezes ele é celebrado em local privado, ou seja, residência ou outro lugar onde não é permitido o ingresso de todos.
Sl 27.04 Uma coisa pedi ao SENHOR, e a buscarei: que possa morar na casa do SENHOR todos os dias da minha vida, para contemplar a formosura do SENHOR, e inquirir (aprender, crescer no conhecimento) no seu templo.

Mt 21.13 E disse-lhes: Está escrito: A minha casa será chamada casa de oração; mas vós a tendes convertido em covil de ladrões.

b)   Culto Carismático ou de Oração – Culto onde buscamos ao Senhor em orações e súplicas.
1 Ts 05.17 Orai sem cessar.

At 12.05 Pedro, pois, era guardado na prisão; mas a igreja fazia contínua oração por ele a Deus.

c)    Culto de DoutrinaDidático ou Pedagógico (conhecido também como culto de Ensino ou de estudos bíblicos).
Os 04.06 O meu povo foi destruído, porque lhe faltou o conhecimento; porque tu rejeitaste o conhecimento, também eu te rejeitarei, para que não sejas sacerdote diante de mim; e, visto que te esqueceste da lei do teu Deus, também eu me esquecerei de teus filhos.

d)   Culto Eucarístico, de agradecimento, gratidão, ação de graças.
Cl 04.02 Perseverai em oração, velando nela com ação de graças;

e)   Culto Kerigmático ou Evangelístico. “Kerigma” vem do grego e significa “Proclamação”.
Lc 09.02 E enviou-os a pregar o reino de Deus, e a curar os enfermos

f)    Culto Koinoniático – Do grego “Koinonia”, que significa Comunhão.
At 02.42-47 E perseveravam na doutrina dos apóstolos, e na comunhão, e no partir do pão, e nas orações.
Vers. 43 E em toda a alma havia temor, e muitas maravilhas e sinais se faziam pelos apóstolos.

Vers. 44 E todos os que criam estavam juntos, e tinham tudo em comum.

Vers. 45 E vendiam suas propriedades e bens, e repartiam com todos, segundo cada um havia de mister.

Vers. 46 E, perseverando unânimes todos os dias no templo, e partindo o pão em casa, comiam juntos com alegria e singeleza de coração,

Vers. 47 Louvando a Deus, e caindo na graça de todo o povo. E todos os dias acrescentava o Senhor à igreja aqueles que se haviam de salvar.

Comunhão – Quer dizer, Uniformidade em idéias e opiniões. Sintonia de pensamento, acordo, harmonia, concordância.

At 04.34 Não havia, pois, entre eles necessitado algum; porque todos os que possuíam herdades ou casas, vendendo-as, traziam o preço do que fora vendido, o depositavam aos pés dos apóstolos.

g)   Culto Diaconal – Nesse tipo de culto, as boas obras, a caridade, os atos de compaixão em favor dos que sofrem, passam a ser expressão de adoração ao Senhor.
Obs. Igrejas que desenvolvem ações sociais, cultuam a
Deus com esse 
Culto Diaconal.
Mt 25.35-45 Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me;

Vers. 36 Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e fostes ver-me.

Vers. 37 Então os justos lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, e te demos de comer? ou com sede, e te demos de beber ?

Vers. 38 E quando te vimos estrangeiro, e te hospedamos? ou nu, e te vestimos ?

Vers. 39 E quando te vimos enfermo, ou na prisão, e fomos ver-te ?

Vers. 40 E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes.

Vers. 41 Então dirá também aos que estiverem à sua esquerda: Apartai-vos de mim, malditos, para o fogo eterno, preparado para o diabo e seus anjos;

Vers. 42 Porque tive fome, e não me destes de comer; tive sede, e não me destes de beber;

Vers. 43 Sendo estrangeiro, não me recolhestes; estando nu, não me vestistes; e enfermo, e na prisão, não me visitastes.

Vers. 44 Então eles também lhe responderão, dizendo: Senhor, quando te vimos com fome, ou com sede, ou estrangeiro, ou nu, ou enfermo, ou na prisão, e não te servimos ?

Vers. 45 Então lhes responderá, dizendo: Em verdade vos digo que, quando a um destes pequeninos o não fizestes, não o fizestes a mim.

ORDEM DO CULTO

Ø  Oração de Abertura (Inicial)
Ø  Louvor Congregacional
Ø  Leitura Bíblica (texto bíblico oficial)
Ø  Saudações e Boas Vindas
Ø  Ofertório
Ø  Avisos
Ø  Louvores Específicos
Ø  Sermão
Ø  Hino de resposta
Ø  Apelo (Convite)
Ø  Oração Final (Encerramento)
Ø  Benção Apostólica (Pastor da Igreja)

2 Co 13.14 A graça do Senhor Jesus Cristo, e o amor de Deus, e a comunhão do Espírito Santo seja com todos vós. Amém
·    Benção Araonica (Pelo dirigente do culto)

Nm 06.24-26 O SENHOR te abençoe e te guarde;

Vers. 25 O SENHOR faça resplandecer o seu rosto sobre ti, e tenha misericórdia de ti;

Vers. 26 O SENHOR sobre ti levante o seu rosto e te dê a paz.

1.6 DURAÇÃO DO CULTO – Cada culto deverá ter a duração máxima de 2 horas, levando-se em consideração o local onde ele esteja acontecendo, se numa cidade, num interior (povoado), sítio, fazenda, ou mesmo na casa de uma familia. Deve-se evitar durações cansativas e demoradas, até por medida de segurança.

1.7 O DIRIGENTE DO CULTO, SEUS DEVERES E SUA MISSÃO.
DECORO NO PÚLPITO
Ø  Apresentar-se bem
Ø  Chegando ao santuário, antes de sentar-se deve orar
Ø  Evitar sentar-se de maneira deselegante (de pernas abertas, por exemplo)
Ø  Evitar conversar, cochilar, bocejar, mexer-se ou coçar-se
Ø  Não pregar com as mãos no bolso como se procurasse algo
Ø  Evitar ajeitar constantemente a roupa, os cabelos, abotoar e desabotoar o paletó
Ø  Não gesticular unicamente com uma das mãos
Ø  Ter cuidado com a gravata e o colarinho (quando assim vestido)
Ø  Não ter o olhar fixo voltado exclusivamente para o teto, para a Bíblia ou outro local que não seja os seus interlocutores
Ø  Evitar tamborilar com os dedos
Ø  Evitar contar piadas e fazer gracejos no altar de Deus
Ø  Evitar distrair-se como se ali não estivesse
Ø  Evitar ser excessivamente sério ou sorridente, achando um ponto de equilíbrio
Ø  Evitar dar as costas para a igreja
Ø  Evitar olhar para o relógio seguidamente como se ele determinasse o tempo de sua pregação
Ø  Evitar imitar outros pregadores, repetindo deles frases e chavões
Ø  Evitar fazer citações pejorativas a pessoas ou instituições
Ø  Evitar contar feitos seus que em nada edificam a igreja
Ø  Evitar exortar em tom de correção, a igreja da qual não é o pastor. Isto é tarefa pastoral
Ø  Evitar dirigir-se aos obreiros ou a igreja de forma desrespeitosa e ofensiva
Ø  Evitar se escorar no púlpito
Ø  Evitar pedir desculpas ou perdão pelo que pregou, buscando agradar alguns
Ø  Evitar preencher o tempo com “Amém”, “Aleluia”, “Sim ou não”, “Né ?”, “hein ?” e outros similares
Ø  Evitar inserir em seus sermões, assuntos que voce  desconheça ou deles tenha pouca ou nenhuma informação
Ø  Evitar fazer um sermão abordando vários temas. Centralize a sua mensagem num tema com início, meio e fim, sendo objetivo e conclusivo
Ø  Deve encerrar o sermão quando sentir que ele já cumpriu o seu propósito, indo direto ao apelo, se for o caso

1.8 IMPORTÂCIA DO CULTO – É através do culto que a Igreja expressa em toda a sua plenitude, o caráter de sua mais sublime missão. No culto a Igreja apresenta ao pecador o Evangelho das Boas Novas de Cristo. 90% das pessôas que conheceram a Jesus, foi através de um culto, embora não tiremos os méritos de outros meios de evangelicação. Ex : Cruzadas, Evangelismo pessoal, mídia, etc...

MINI MANUAL AOS PARTICIPANTES DE UM CULTO.
REGRAS BÁSICAS E FUNDAMENTAIS :

Ø  Chegar à casa de Deus antes do início do culto, ajoelhar-se e aguardar o seu inicio em oração
Ø  Evitar atrasos ou, estando presente, ficar esperando que o culto seja iniciado para então adentrar ao santuário. Isto não combina com reverencia ao Senhor
Ø  Uma vez sentado, acomodado, deve evitar movimentar-se desnecessariamente. A casa de Deus merece o nosso respeito
Ø  Não se deve assentar na extremidade de um banco desocupado, dificultando o acesso de outros que ali queiram sentar
Ø  Deve-se procurar os lugares mais próximos do altar (púlpito), deixando a parte de tráz para os retardatários
Ø  Nunca se deve aproveitar os momentos de leitura bíblica e orações, para movimentar-se na casa de Deus. Inadmissível
Ø  No santuário, adorando a Deus, é proibido conversar, distrair-se, ficar desatento, irreverente
Ø  Não se deve ler jornais, revistas nem qualquer outra coisa durante o culto. Apenas a Bíblia quando isto for solicitado
Ø  Quem chega ao culto atrasado, deve evitar sair cumprimentando as pessoas uma a uma, tirando a atenção dos presentes ao invés de entrar e acomodar-se discretamente
Ø  Não se deve sair da casa de Deus antes do final do culto, somente em caso de necessidade extrema e inadiável.
Ø  Durante o culto não se deve ficar conversando nas dependencias da igreja, em claro descaso e desrespeito ao culto divino
Ø  Não se deve esquecer das contribuições no culto ao Senhor. Ofertas e dízimos fazem com que a obra do Senhor tenha crescimento e se sustente
Ø  Toda atenção deve estar voltada para o culto como um todo e especialmente para o momento da palavra. Tenha isto em mente
Ø  Se alguma criança inquietar-se, é preferível que a mãe ou responsável saia com ela enquanto se acalma, para que o bom andamento do culto não seja comprometido
Ø  Se voce trouxer um visitante ao culto, apresente-o aos irmãos, deixe-o a vontade, passe os seus dados para que ele seja apresentado, e na hora do apêlo, ajude-o a decidir-se por Cristo
Ø  Cuidado com o seu exemplo. O seu convidado está vendo voce como uma referência. Qualquer comportamento em desacordo com a palavra de Deus pode escandalizá-lo, deixando-o desinteressado em vir para Deus e ser como voce é.
Ø  Ao final do culto, cumprimente logo os visitantes e depois, os seus irmãos com um caloroso abraço, um aperto de mão, uma palavra de vitória, um largo sorriso. Não saia da casa de Deus de cara amarrada, de mal humor, aborrecido, sem cumprimentar ninguém. Não é esta a melhor impressão que podemos causar aos irmãos e amigos que nos visitam, ou costumeiramente cultuam conosco.

A QUEM ESTAMOS CULTUANDO ?
PERFIL DOS SEGUIDORES DE CRISTO !

O perfil das pessoas que seguiam a Jesus, e o seguem hoje, compreende três classes distintas de pessoas :

1) Os curiosos

2)
Os necessitados, e

3)
Os adoradores, ou Cultuadores

CURIOSOS – Dentre esta classe, incluem-se os críticos de plantão, observadores por natureza, àqueles que iam ao mestre apenas para vê o que aconteceria, se era verdade ou não, o que dele diziam.

NECESSITADOS – Provavelmente a maior classe das pessoas que o procuravam, levados quase sempre pela extrema necessidade dos seus dias.

ADORADORES ou CULTUADORES - Eram aqueles que sempre estavam com o mestre, a despeito das circunstâncias.

Cultuar, quer dizer : Prestar homenagem à divindade, venerar, adorar, prestar culto. No encontro de Jesus com a Mulher Samaritana no poço de Jacó, o mestre disse-lhe dentre outras coisas :

Jo 04.22-24 Vós adorais o que não sabeis; 
nós adoramos o que sabemos porque a salvação vem dos judeus.

Vers. 23 Mas a hora vem, e agora é, em que
os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem.

Vers. 24 Deus é Espírito, e 
importa que os que o adoram o adorem em espírito e em verdade.

ESSE TEXTO REVELA ALGUMAS PARTICULARIDADES DO PERFIL DE UM CULTUADOR, OU ADORADOR :

1) 
Adorador consciente – Que sabe à quem adora !

2) 
Adorador Verdadeiro – Autêntico, fiel !

3) 
Adorador do Pai – Comprometido com Deus !

4) 
Adorador na dimensão espiritual – Sensível a voz do Espírito Santo !

5) 
Adorador diferenciado, procurado – Que agrada o coração de Deus !

À QUEM ESTAMOS CULTUANDO ?

A Bíblia faz referência a culto desde o velho testamento

Ex 12.25 
E acontecerá que, quando entrardes na terra que o SENHOR vos dará, como tem dito, 
guardareis este culto.

O SENTIDO LITERAL DA PALAVRA CULTO, QUER DIZER :

“Prestar homenagem à divindade”.

QUANDO VAMOS HOMENAGEAR ALGUÉM :

· Nos preparamos adequadamente !
· Nos certificamos do real motivo daquele cerimonial !
· Buscamos deixar a melhor impressão possível !
· Fazemos do homenageado o centro da nossa atenção !
· Queremos que ele saiba de sua importância para nós !
· Nos sentiremos bem, se ele assim se sentir !
· Objetivamos fazer desse momento, algo inesquecível, marcante !

ESTARÍAMOS NÓS CULTUANDO A DEUS COM TODOS ESSES PROPÓSITOS

DAVI TINHA UM CONCEITO DEFINIDO SOBRE ISTO
 :

Sl 15.01 SENHOR, 
quem habitará no teu tabernáculo ? Quem morará no teu santo monte ?

Sl 84.10 Porque 
vale mais um dia nos teus átrios do que em outra parte, mil. Preferiria estar à porta da casa do meu Deus, a habitar nas tendas dos ímpios.



Tabernáculo


O Tabernáculo era uma grande tenda ou barraca, onde eram realizados os atos de adoração durante o tempo em que os israelitas peregrinaram pelo deserto, depois da saída do Egito. Essa tenda continuou a ser usada até que o templo foi construído, no tempo do rei Salomão

O Tabernáculo era um lugar considerado sagrado, dedicado a Deus para a sua presença. O próprio Deus deu aos israelitas o modelo ou a planta em detalhes para a sua construção, e para o seu mobiliário.

Era conhecido como o templo do encontro de Deus com o homem. Tinha a forma de um retângulo, construído com tábuas de acácia, medindo 18 metros de comprimento, e 06 metros de largura.

Constituía-se de três partes distintas : Átrio ou pátio, Lugar Santo ou Santo Lugar, e Lugar santíssimo, ou Santo dos Santos.

UTENSÍLIOS DE CADA PARTE DO TABERNÁCULO

Ø  No Átrio, estavam o altar do holocausto e a bacia de bronze.

Ø  No Lugar Santo, estavam o candelabro de ouro, a mesa dos pães da proposição e o altar do incenso.

Ø  No Lugar Santíssimo, estava a arca do testemunho ou arca do concerto ou (da aliança). Ex 25-40


CULTUAR A DEUS, VAI ALÉM
 :

·         De ir à igreja regularmente
·         De ter um cargo de destaque na igreja
·         De cantar os louvores congregacionais
·         De professar com os lábios a sua crença e fé
·         De passar a imagem de um bom cristão
·         De palavras, discursos e encenações farisaicas...

A QUEM ESTAMOS CULTUANDO ?

O VERDADEIRO SENTIDO DE UM ADORADOR, OU CULTUADOR, É ALGO QUE OS OLHOS NÃO VÊEM !A IGREJA É UM LUGAR ONDE PODEMOS CULTUAR
A DEUS, SIM, MAS NÃO É O ÚNICO !

Ø  Com o meu testemunho público eu posso cultuar a Deus
Ø  Em meio aos meus familiares, parentes e amigos eu posso cultuar a Deus
Ø  Na minha escola e no meu trabalho eu posso cultuar a Deus

CULTUAR TRANSCENDE AO FATO DE ESTARMOS
OU NÃO,NO SANTUÁRIO !

O SALMO 100 É UM CHAMAMENTO A ADORAÇÃO COLETIVA DOS POVOS !

Sl 100.01-05 Celebrai com júbilo ao Senhortodos os moradores da terra.

V. 02 
Servi ao Senhor com alegria e apresentai-vos a ele com canto.

V. 03 Sabei que o Senhor é Deus; foi ele, e não nós, que nos fez povo seu e ovelhas do seu pasto.

V. 04 Entrai pelas portas dele com louvor e em seus átrios com hinoslouvai-o e bendizei o seu nome.

V. 05 Porque o Senhor é bom, e eterna, a sua misericórdia; e a sua verdade estende-se de geração a geração.

CULTUAR TEM UMA FORTE LIGAÇÃO COM “O LOUVAR A DEUS”.

LOUVAR A DEUS ESTÁ INTRINSICAMENTE ATRELADO A ADORAÇÃO.

CULTO, LOUVOR E ADORAÇÃO A DEUS, TEM TUDO A VER COM LEVITA. 

QUEM FORAM OS PRIMEIROS LEVITAS ?

Eram 
descendentes da tribo de Levi; servos ou sacerdotes da antiga Jerusalém; responsáveis pelo tabernáculo . . .
Formavam a guarda do tabernáculo, e o transportavam de lugar para lugar -Nm cap. 4

NO TEMPO DE DAVI, TODA A SUA FAMILIA ACHAVA-SE DIVIDIDA
EM TRES CLASES DE LEVITAS :

a)    A primeira classe estava a serviço dos sacerdotes

b) A segunda classe 
formava o coro dos cantores do templo

c) A terceira classe constituía
o corpo dos porteiros e guardas do templo. (1 Cr 24,25,26).

Obs. 
Eram cantores, porém, serviçais da casa de Deus !

O NOSSO CULTO DE ADORAÇÃO A DEUS SÓ FAZ SENTIDO,
SE ESTIVER INSERIDO NAS CINCO PARTICULARIDADES DO
DIÁLOGO DE JESUS COM A SAMARITANA :

Se houver consciência cristã acima de tudo – 
NÓS ADORAMOS O QUE SABEMOS !

Se a verdade de Deus fizer parte do culto – OS VERDADEIROS
ADORADORES !

Se eu estiver ali para Adorar a Deus e a mais ninguém – ADORARÃO
O PAI !

Se eu me deixar envolver na dimensão do Espírito Santo – EM ESPÍRITO E EM VERDADE !

Se eu me sentir procurado por Deus, alvo de sua busca – PORQUE O PAI PROCURA A TAIS QUE ASSIM O ADOREM !

CULTUAR A DEUS, REQUER ENTREGA SINCERA,
MAIS QUE AÇÕES E BOAS OBRAS !

Nada deve impedir que o nosso culto seja aceito por Deus ...

Mt 05.23-24 
Portanto, se trouxeres a tua oferta ao altar, e aí te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti,

V. 24 
Deixa ali diante do altar a tua oferta, e vai reconciliar-te primeiro com teu irmão e, depois, vem e apresenta a tua oferta.

ESTAR NA CASA DE DEUS NÃO SIGNIFICA QUE ESTAMOS CULTUANDO-O, NEM QUE O NOSSO CULTO ESTÁ SENDO ACEITO !

Sl 34.18 Perto está o SENHOR dos que têm o coração quebrantado, e salva os contritos de espírito.

Sl 51.17 Os sacrifícios para Deus são o espírito quebrantado; a um coração quebrantado e contrito não desprezarás, ó Deus.

A QUEM ESTAMOS CULTUANDO ?
INFELIZMENTE, ALGUNS CULTOS EM NOSSOS DIAS :

Ø  Se prioriza o homem em detrimento de Deus

Ø  A música vazia, pobre, desprovida de unção e graça, toma o lugar do verdadeiro louvor(eu disse música)

Ø  A irreverência e disperção do povo é algo latente

Ø  A palavra, a maior das profecias, nem sempre é ministrada o quanto devia,ficando o rebanho a mercê dos lobos

Ø  Se perde tempo em brigas internas, nós contra nós mesmosquando poderíamos usar esse tempo na evangelização das almas

Ø  Se faz apologia ao dinheiro, colocando-o como a maior bençãocomo se prosperidade fosse apenas a de ordem material

Ø  Se explora o sentimento alheio, levando o povo a êxtases e crendices nada bíblicos

Ø  Se enfoca o emocionalismo, a falsa promessa de bençãos a qualquer preço e sem pré condições, sem entrega, compromisso e fidelidade

Ø  Se permitem shows e apresentações carnais no altar do Senhor

Ø  A “milagreolatria” vira objeto de vantagens financeirasmais propagada que o nome de Jesus

QUE A VOZ DO ESPÍRITO SANTO NOS FAÇA REPENSAR
O REINO DEUS E SUAS PRIORIDADES !

CULTUAR, CONFORME JÁ VIMOS, SIGNIFICA :

Prestar homenagem à divindade, venerar, adorar, prestar culto

Pelo Texto de João 04.22-24, entendemos que Deus está interessado, em :

1)    Adoradores conscientes

2) Adoradores
Verdadeiros

3) Adoradores
do Pai

4) Adoradores
na dimensão espiritual

5) Adoradores
procurados por Ele

NA IGREJA DE HOJE, EXISTEM, INFELIZMENTE,
CULTUADORES, OU ADORADORES

1) Do seu tempo – Não disponibilizam tempo para Deus

2)
Dos seus bens – Preocupados excessivamente em conseguir mais e mais

3)
Dos seus caprichos pessoais – Tudo precisa ser do seu modo

4)
De suas preferências e paixões – Não admitem ser contrariados

5) De sua posição social – Não admitem perder o status. Orgulhosos

6)   De suas vaidades – Pessoas excessivamente vaidosas, soberbas

7)   Dos seus interesses – Vão à casa de Deus por uma prática interesseira, porque isto lhes resulta em benefícios

A VAIDADE, O ORGULHO E A SOBERBA SÃO SEMPRE
     PREJUDICIAIS AO BOM DESEMPENHO DA VIDA CRISTà!

Um certo provérbio popular, diz que 
O ORGULHO PRESCEDE A QUEDA !


TUDO QUE TEMOS, SOMOS E FAZEMOS É DE DEUS !

Tg 01.17
Toda a boa dádiva e todo o dom perfeito vem do alto, descendo do Pai das luzes, em quem não há mudança nem sombra de variação.

Obs. O aplauso ao Senhor pode ser através de palmas, mas, também e principalmente,
com brado de triunfo, grito de guerra e de vitória

Sl 98.01-09 
Cantai ao SENHOR um cântico novo, porque fez maravilhas; a sua destra e o seu braço santo lhe alcançaram a salvação.

V. 02 O SENHOR fez notória a sua salvação, manifestou a sua justiça perante os olhos dos gentios.

V. 03 Lembrou-se da sua benignidade e da sua verdade para com a casa de Israel; todas as extremidades da terra viram a salvação do nosso Deus.

V. 04 Exultai no SENHOR toda a terra; exclamai e alegrai-vos de prazer, e cantai louvores.

V. 05 Cantai louvores ao SENHOR com a harpa; com a harpa e a voz do canto.

V. 06 Com trombetas e som de cornetas, exultai perante a face do SENHOR, do Rei.

V. 07 Brame o mar e a sua plenitude; o mundo, e os que nele habitam.

V. 08 Os rios batam as palmas; regozijem-se também as montanhas,

V. 09 Perante a face do SENHOR, porque vem a julgar a terra; com justiça julgará o mundo, e o povo com eqüidade

GLORIFICAR É HOMENAGEAR, HONRAR

Is 25.01 O SENHOR, tu és o meu Deus; exaltar-te-ei, e louvarei o teu nome, porque fizeste maravilhas; os teus conselhos antigos são verdade e firmeza.

Sl 86.12 Louvar-te-ei, Senhor Deus meu, com todo o meu coração, e glorificarei o teu nome para sempre.

Sl 118.28 Tu és o meu Deus, e eu te louvarei; tu és o meu Deus, e eu te exaltarei.

1 Co 06.20 Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo, e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus.

MANUAL DO PREGADOR INICIANTE
12  REGRAS BÁSICAS

1.1   Ore a Deus antes de ministrar a sua palavra... ou, não a ministre !

1.2   Leia, pesquise, conheça e medite bastante sobre tudo o que você vai     ministrar... (Escolha um texto simples e selecione boas referências)

1.3   Fale pausadamente, se fazendo entender...

1.4   Seja breve mas objetivo. Vá direto ao assunto...

1.5   Elabore uma mensagem sob um tema, com início, meio e fim...

 Início - Leitura do texto bíblico e preparação para exposição do  tema
        Meio  - Explicação detalhada e resumida do tema

 Fim    - Conclusão, fechamento da mensagem

1.6    Evite enfocar assuntos que você desconhece ou dele tem pouco   ou nenhum conhecimento...

1.7   Seja equilibrado em sua postura, evitando ser demasiadamente
 sorridente ou excessivamente sério...

1.8    Cite ilustrações, referências e histórias (de preferência bíblicas), que  tenham tudo a ver com o tema que você esteja abordando...

1.9    Dirija-se aos seus ouvintes naturalmente, com amor, mansidão e respeito. É o mínimo que  eles esperam de você...

1.10       Não dê as costas à sua platéia e evite temas pertinentes ao pastor da igreja, como :   Exortar, doutrinar, corrigir e repreender a igreja ou pessoas dela...
  
1.11       Centralize a sua ministração na Bíblia. Evite citações que possam  parecer de elogio  próprio. Tal procedimento pode passar a impressão de que você busca glória e exaltação próprias...

1.12       Tenha a consciência plena de que a obra redentora e transformadora, quem faz na vida do homem é Jesus, através do Espírito Santo de Deus, na hora e no tempo certos...

PREGADORES INICIANTES
10 PASSOS PARA ELABORAR BEM UMA MENSAGEM !

·        Certifique-se do caráter do culto e elabore uma mensagem de acordo com o mesmo...

·        Escolha um tema sobre o qual você deseja falar. Evite enfocar vários assuntos ao mesmo tempo. Isso pode tornar a sua mensagem de difícil compreensão...

·        Escolha um versículo chave dentro do tema a ser ministrado, como base de sua explanação...

·        Selecione pelo menos 10 (dez) versículos dentro desse tema, leia-os e comente-os um a um ...

·        Não fale excessivamente rápido, alto, nem demasiadamente baixo. Faça-se entender pelos seus interlocutores...

·        Tente não fazer uma mensagem muito longa. Uma grande mensagem pode ser pregada num curto espaço de tempo... Tenha prévio conhecimento do tempo que lhe foi permitido utilizar...

·        Leia bastante sobre todos os textos que você vai usar em sua mensagem. É importante que você tenha um certo domínio sobre eles.

·        Tenha além da Bíblia, um bom Dicionário Bíblico. Há muitas palavras cujo sentido original você só saberá recorrendo a este recurso...

·        Leia bons livros de editoras reconhecidamente recomendáveis. Eles servirão como uma rica fonte auxiliar de subsídios importantíssima...

·        Reserve um bom tempo de oração por essa difícil tarefa, para que Deus seja o centro de tudo o que você vai falar. Sem isto todo planejamento será ineficaz...

COMO AGIR EM DOZE SITUAÇÕES
DISTINTAS NUM CULTO :

1.1  Quando me chamarem para dirigir uma oração por uma causa específica.
R – Devo orar unicamente por essa causa...

1.2  Quando me chamarem para trazer uma saudação num culto.
R – Devo ler um breve texto e dirigir uma palavra rápida...

1.3  Quando me chamarem para ser o mensageiro (pregador) do culto
R – Devo usar o tempo destinado à mensagem do culto...

1.4  Quando me chamarem para dirigir o louvor congregacional no culto
R – Devo escolher hinos de acordo com o caráter do culto,permitindo que a igreja por sua vez indique alguns outros...

1.5  Quando me chamarem  para cantar um hino no culto
R – Devo cantar um hino sem maiores sermões...

1.6  Quando alguém me procurar desejando dar algum aviso no culto
R – Devo encaminhar essa pessoa aos oficiais (diáconos) da igreja...

1.7  Quando alguém quiser conversar comigo durante o culto
R – Devo recusar-me a fazê-lo, em reverência a Casa de Deus...

1.8 Quando eu sentir vontade de conversar com alguém no culto
R – Devo clamar o sangue de Jesus e reverenciar a sua presença ...

1.9  Quando eu sentir um profundo sono durante o culto
R – Devo entender que o inimigo está querendo que eu não seja abençoado tentando impedir a minha vitória...

1.10       Quando algum irmão vier falar mal de outro irmão à mim
R – Devo repreendê-lo com amor. Isto não procede de Deus...

1.11       Quando eu for tentado a falar mal do meu irmão à alguém
R -  Devo entender que o inimigo está querendo se utilizar de mim...

1.12       Quando eu me sentir em perfeita comunhão com Deus e ele comigo
R -  Devo alegrar-me no Senhor por estar  alcançando o meu  maior Anelo, que é viver com e para o Senhor agora e sempre...

MÚSICA E LOUVOR !

TEORIA MUSICAL – INICIAÇÃO - Nesse texto, irei descrever resumidamente, alguns conceitos básicos de teoria musical, necessários para a compreensão dos textos seguintes. Primeiramente, irei introduzir alguns conceitos :

PROPRIEDADES DOS SONS

1 -  
Altura : diferente entoação das notas.
2 -  
Duração : espaço de tempo em que soa o som.
3 -  
Intensidade : mesmo que volume.
4 -  
Timbre : característica que difere os sons. Ex : timbre de piano e timbre de guitarra.

ELEMENTOS FUNDAMENTAIS DA MÚSICA

1 – 
Melodia : sucessão de sons, para a formação de uma linha musical. Ex: um solo de guitarra.

2 – 
Harmonia : seqüência de sons simultâneos. Ex : uma progressão de acordes.

3 -  
Ritmo : Movimento dos sons de acordo com a sua duração.

AS SETE NOTAS MUSICAIS - Para representar os sons, foram criadas as notas musicais. São 7 fundamentais, mais 5 acidentes, formando uma escala cromática de 12 notas :C C# D D# E F F# G G# A A# B
Fundamentais C=Dó D=Ré E=Mi F=Fá G=Sol A=Lá B=Si

As notas sem o “#”, são as notas naturais (fundamentais), que todo mundo conhece.

Aquelas com o “#”, são chamadas “notas sustenidas” (por exemplo : C#=Dó Sustenido). Elas também podem ser escritas como “bemóis” (por exemplo: Db=Ré Bemol). C Db D Eb E F Gb G Ab A Bb B

Quando você adiciona um sustenido à nota, você está a elevando ½ tom acima e quando você adiciona um bemol à nota, você está baixando ½ tom a menos.

Assim, temos as notas musicais organizadas de uma maneira cromática (em seqüência de ½ em ½ tom), uma após a outra.

Nota : Dois semitons (1/2 tom) corresponde a um tom.

Quando aplicamos essa teoria na guitarra, fica fácil de entender. Para cada traste que você sobe ou desce no braço, tem-se um intervalo de ½ tom (ou 1 semitom). Então, a cada 2 trastes, temos 1 tom. Por exemplo: na corda E (Mi ou 6ª corda), temos, da corda aberta até o 12º traste :

E F F# G G# A A# B C C# D D# E

Outro exemplo para visualização das notas pode ser um diagrama de acordes

E A
e-0-(E)---|--5-(A)----|
B-0-(B)---|--5-(E)----|
G-1-(G#)--|--6-(C#)---|
D-2-(E)---|--7-(A)----|
A-2-(B)---|--7-(E)----|
E-0-(E)---|--5-(A)----|

Temos aqui dois acordes : E (Mi Maior) e A (Lá Maior). As notas entre parênteses são as que compõem os dados acordes. Se você observar a organização cromática das notas descritas anteriormente, e sair contando nas casas do braço a seqüência delas até chegar em um dos números indicados no diagrama, irá perceber que corresponde justamente àquela nota entre parênteses.

LENDO AS NOTAS MUSICAIS :

As notas musicais são escritas em partituras, compostas de pautas (ou pentagramas), que são aquele conjunto de cinco linhas e quatro espaços. As linhas (de baixo para cima), representam as notas E, G, B, D e F; os espaços, as notas F, A, C e E.

Para podemos dar nomes às notas que colocamos na pauta, devemos colocar, no seu início, um sinal chamado clave. Existem 3 tipos de claves :

Clave de Sol (sons médios)

Clave de Fá (sons graves),  e

Clave de Dó (sons agudos).

Existem as claves de Sol, Fá e Dó. Nas partituras para guitarra, é mais comum encontrarmos a Clave de Sol, por isso, trabalharemos apenas com essa clave nessa lição.

Na armadura da clave, temos uma fração que determina o número de tempos por compasso (numerador) e a figura que irá determinar 1 tempo nesse compasso (denominador).

Os compassos são conjuntos de tempos, divididos por barras. Todas as músicas são divididas em vários compassos. Quando o primeiro compasso de uma música vem incompleto (em um que caibam 4 tempos, existem somente 2, por exemplo), chamamos esse compasso de anacruse.

Na pauta, são escritas as figuras musicais, que indicam o tempo de duração das notas. Também são escritas as pausas, que indicam silêncio. A seguir, temos uma lista com os valores-padrão (compasso 4/4) de cada figura e pausas, além de outros símbolos utilizados freqüentemente:

- 1=Semibreve (4 tempos)
- 2= Mínima (2 tempos)
- 3= Semínima (1 tempo)
- 4 e 5= Colcheia (1/2 tempo)
- 6= Mínima com Ponto de Aumento (3 tempos) -- O Ponto de Aumento aumenta o tempo da nota em 50% do valor original.
- 7 e 8= Semicolcheias (1/4 de tempo)
- 9= Pausa de semicolcheia (1/4 de tempo)
- 10= Fusa (1/8 de tempo)
- 11= Pausa de fusa (1/8 de tempo)
- 12= Semifusa (1/16 avos de tempo)
- 13= Pausa de semifusa (1/16 avos de tempo)
- 14= Pausa de semínima (1 tempo)
- 15= Pausa de mínima (2 tempos)
- 16= Pausa de semibreve (4 tempos)
- 17= Acidentes -- Respectivamente: bemol (abaixa a nota 1/2 tom), sustenido (eleva a nota 1/2 tom), bequadro (anula os bemóis e sustenidos) e nota natural (sem acidentes).
- 18= Tercinas (3 notas por tempo)
- 19= Ligaduras -- une duas notas. Se as notas forem iguais, não devemos tocar a segunda nota.
Esses valores podem mudar de acordo com a fórmula de compasso. A seguir, temos a lista dos valores de denominadores nos compassos simples:
1 = Semibreve = 1 tempo
2 = Mínima = 1 tempo
3 = Semínima = 1 tempo
4 = Mínima = 1 tempo
8 = Colcheia = 1 tempo
16 = Semicolcheia = 1 tempo
32 = Fusa = 1 tempo
64 = Semifusa = 1 tempo
Seguindo essa tabela, temos que num compasso 4/2, por exemplo, uma Mínima vale 1 tempo, e assim por diante.
Como já vimos, os compassos são divididos por barras. Cada tipo de barra representa uma coisa diferente:- Barras simples: separam um compasso do outro.- Barras duplas: indicam mudança de trecho musical.- Barras de repetição: uma das barras é mais grossa e essas possuem dois-pontos: indicam repetição de um trecho.(:||)- Barras finais: visualmente iguais às barras de repetição, porém, indicam o final da música.
Quanto aos acidentes, anteriormente mencionados, podem aparecer de 3 maneiras distintas:- Na armadura da clave: são os sinais fixos, que valem para toda a música.- No decorrer da partitura: sinais ocorrentes -- aparecem no decorrer da partitura, tendo efeito apenas no compasso em que estão.- Entre parênteses: sinais de precaução, para evitar erros numa eventual leitura rápida.
Música pode ainda se definir como a Arte e a técnica de combinar os sons de forma melodiosa.

LINGUAGEM TÉCNICA DA MÚSICA

1) 
SOM - Efeito produzido no órgão de audição pelas vibrações dos corpos sonoros, aquilo que impressiona ao ouvido; ruído, barulho…

2) TOM - (Nota Musical), caráter de voz, grau de abaixamento ou elevação de voz, quanto a sua gravidade ou acuidade, escala musical, tonalidade musical, som ...

3) MELODIA - Seqüência rítmica de sons e notas musicais...

4) HARMONIA - Junção ou sucessão agradável de sons...

5)
 RITMO - Cadência que se dá a uma música, tornando-a lenta ou acelerada quanto ao andamento...
6) ACORDE - Um ou mais sons que se unem, formando harmonia...
7) SINFONIA - Concerto musical, trecho instrumental que precede uma ópera...
8) SEMITOM - Meio tom...
9) SEMITONADO - Alguém que canta em meio tom, fora do tom original...
10) DESAFINADO - Desarmonizado, dissonante, instrumento em desacordo com tom correto...
11) AFINADO - Harmonizado, dentro do tom correto...A VOZ QUANTO AO TIMBRE, DIVIDE-SE EM : Soprano, Contralto, Tenor e Baixo...
A ORIGEM DA MÚSICA DIVINA E DO LOUVOR A DEUS

Ez 28.11-19 Veio a mim a palavra do SENHOR, dizendo :

Vers. 12 Filho do homem, levanta uma lamentação sobre o rei de Tiro, e dize-lhe: Assim diz o Senhor DEUS: Tu eras o selo da medida, cheio de sabedoria e perfeito em formosura.

Vers. 13 Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônica, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados.

Vers. 14 Tu eras o querubim, ungido para cobrir, e te estabeleci; no monte santo de Deus estavas, no meio das pedras afogueadas andavas.

Vers. 15 Perfeito eras nos teus caminhos, desde o dia em que foste criado, até que se achou iniqüidade em ti.

Vers. 16 Na multiplicação do teu comércio encheram o teu interior de violência, e pecaste; por isso te lancei, profanado, do monte de Deus, e te fiz perecer, ó querubim cobridor, do meio das pedras afogueadas.

Vers. 17 Elevou-se o teu coração por causa da tua formosura, corrompeste a tua sabedoria por causa do teu resplendor; por terra te lancei, diante dos reis te pus, para que olhem para ti.

Vers. 18 Pela multidão das tuas iniqüidades, pela injustiça do teu comércio profanaste os teus santuários; eu, pois, fiz sair do meio de ti um fogo, que te consumiu e te tornei em cinza sobre a terra, aos olhos de todos os que te vêem.

Ves. 19 Todos os que te conhecem entre os povos estão espantados de ti; em grande espanto te tornaste, e nunca mais subsistirá.

A música e o louvor a Deus, tiveram origem no céu, porisso  são Divinos em sua origem... “Nem toda música hoje, é divina”REGENTE DOS CORAIS CELESTIAIS

Ez 28.13 Estiveste no Éden, jardim de Deus; de toda a pedra preciosa era a tua cobertura: sardônica, topázio, diamante, turquesa, ônix, jaspe, safira, carbúnculo, esmeralda e ouro; em ti se faziam os teus tambores e os teus pífaros; no dia em que foste criado foram preparados.

Comentário - Este versículo sugere que Lúcifer era regente dos corais celestiais, dentre outras funções que tinha antes de sua destituição...QUERUBIM UNGIDO - Is 14.12-15

V. 12 
Como caíste desde o céu, ó estrela da manhã, filha da alva! Como foste cortado por terra, tu que debilitavas as nações !

V. 13 E tu dizias no teu coração: Eu subirei ao céu, acima das estrelas de Deus exaltarei o meu trono, e no monte da congregação me assentarei, aos lados do norte.

V. 14 Subirei sobre as alturas das nuvens, e serei semelhante ao Altíssimo.

V. 15 E contudo levado serás ao inferno, ao mais profundo do abismo.
O querubim ungido de que trata este texto, 
era o maestro celestial até ser deposto do trono de Deus...

PORTANTO, UM PROFUNDO CONHECEDOR DOS MEANDROS DA ADORAÇÃO E DA IMPORTÂNCIA DO CULTO A DEUS !

Lc 10.18 E disse-lhes: Eu via Satanás, como raio, cair do céu.

O LOUVOR NA SUA ESSÊNCIA - Louvor é o ato de louvar

Louvar é dirigir elogios, enaltecer, aplaudir, avaliar o valor de alguém

Enaltecer é engrandecer, exaltar, glorificar

Aplaudir é festejar com gestos, palavras ou ações, aclamar, aprovar, elogiar
NUM CULTO AO SENHOR, AS PALMAS
FAZEM PARTE DA CELEBRAÇÃO

Sl 47.01 Batei palmas, todos os povos; aclamai a Deus com voz de triunfo.

MAS, TODA HONRA, GLÓRIA E LOUVOR
NÃO PODEM TER OUTRO DIRECIONAMENTO !

Is 42.08 - Eu sou o SENHOR; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às imagens de escultura.

O PRIMEIRO LOUVOR REGISTRADO
NA BIBLIA
 - Ex 15.01-19

· O povo de Israel acabara de presenciar um milagre de Deus. Portanto, foi um cântico de júbilo, de vitória, de gratidão

· O povo de Israel acabara de presenciar um grande livramento de Deus, sobre os egípcios

· O povo de Israel acabara de presenciar uma extraordinária vitória que marcaria suas vidas para sempre. Obs. Miriã, a profetiza irmã de Arão, tomou na mão um tamboril, e todas as mulheres saíram atrás dela com tamboris, e com danças Ex 15.20

E Miriã lhes respondia: Cantai ao Senhor, porque gloriosamente triunfou;
lançou no mar o cavalo com o seu cavaleiro Ex 15.21

UM LOUVOR QUE FAZIA A DIFERENÇA !

As qualidades de Davi, que influenciaram na sua escolha para ajudar o atormentado rei Saul – 1 Sm 16.14-18

Vers. 14 E o Espírito do SENHOR se retirou de Saul, e atormentava-o um espírito mau da parte do SENHOR.

Vers.15 Então os criados de Saul lhe disseram: Eis que agora o espírito mau da parte de Deus te atormenta;

Vers. 16 Diga, pois, nosso senhor a seus servos, que estão na tua presença, que busquem um homem que saiba tocar harpa, e será que, quando o espírito mau da parte de Deus vier sobre ti, então ele tocará com a sua mão, e te acharás melhor.

Vers. 17 Então disse Saul aos seus servos: Buscai-me, pois, um homem que toque bem, e trazei-mo.

Vers. 18 Então respondeu um dos moços, e disse: Eis que tenho visto a um filho de Jessé, o belemita, que sabe tocar e é valente e vigoroso, e homem de guerra, e prudente em palavras, e de gentil presença; o SENHOR é com ele.

Algumas qualidades de Davi :

Sabe tocar (talentoso)
É valente (de atitude)
Vigoroso ou Animoso (forte, de grande auto estima elevada)
Homem de guerra (corajoso)
Sisudo ou prudente em palavras (sério, comedido, comprometido com o que faz)
Gentil presença (aspecto agradável, alegre, feliz. carismático)
O Senhor é com ele (presença de Deus na vida)

PAULO E SILAS CANTAVAM HINOS A DEUS
EM MEIO AO SOFRIMENTO

At 16.23-28 E, havendo-lhes dado muitos açoites, os lançaram na prisão, mandando ao carcereiro que os guardasse com segurança.

Vers. 24 O qual, tendo recebido tal ordem, os lançou no cárcere interior, e lhes segurou os pés no tronco.

Vers. 25 E, perto da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam hinos a Deus, e os outros presos os escutavam.
Vers. 26 E de repente sobreveio um tão grande terremoto, que os alicerces do cárcere se moveram, e logo se abriram todas as portas, e foram soltas as prisões de todos.

Vers. 27 E, acordando o carcereiro, e vendo abertas as portas da prisão, tirou a espada, e quis matar-se, cuidando que os presos já tinham fugido.

Vers. 28 Mas Paulo clamou com grande voz, dizendo: Não te faças nenhum mal, que todos aqui estamos.

JESUS, ANTES DO CALVÁRIO, CANTOU O HINO

Mt 26.30 E, tendo cantado o hino, saíram para o Monte das Oliveiras.

Obs : Estudiosos sugerem que este pode ter sido o hino de gratidão e louvor a Deus nos momentos que antecediam o Calvário, que ele já havia previamente preparado...

Certo pensador, disse : “Quem canta, seus males espanha” !

COMO IDENTIFICAR UMA MÚSICA QUALQUER,
DE UM  HINO, UM VERDADEIRO LOUVOR
DE ADORAÇÃO AO SENHOR ?

UM VERDADEIRO HINO DE LOUVOR A DEUS, PRECISA
ABORDAR ALGUNS DESSES REQUISITOS, SENÃO, TODOS :

Ø  Adorar única e exclusivamente a Deus
Ø  Falar da Cruz de Cristo
Ø  Enfocar o plano de salvação
Ø  Confortar corações atribulados
Ø  Anunciar a volta de Jesus

Obs : Fora desse contexto, é apenas uma música e nada mais. Hino de adoração a Deus precisa estar inserido neste propósito.

FRAGILIDADES E HERESIAS DA MÚSICA GOSPEL ATUAL

O nosso Louvor, representado e substituido pela música gospel atual, tem sofrido mudanças radicais surpreendentes, nos últimos anos, e consequentemente, tem perdido qualidade e conteúdo espiritual, abrindo espaço para heresias anti bíblicas, que em nada edificam a Igreja do Senhor.

Muitos dos nossos cultos reservam grande parte do precioso tempo para longas cantorias, músicas, barulho sonoro de conteúdo vazio que não nos alimentam a alma.

Músicas que são veiculadas pela midia evangélica, muitas extremamente heréticas, sem nenhum embasamento bíblico, mas, a igreja de tanto ouvir, aprende, consome, canta e passa ilusões como se fossem verdades.

MÚSICAS DE AUTO AJUDA !

É comum se ouvir nas igrejas e nos meios de comunicação, frequentes músicas que falam de vitórias, bençãos, ser campeão, conquistar os sonhos, conseguir, chegar, ficar rico.

Nada contra tais temas, mas, é bom entender que a vida não é feita só disso. Afirmar que voce não nasceu para sofrer, é o mesmo que dizer que um mundo florido nos espera de braços abertos, e não foi isso que Jesus nos disse em Jo 16.33

“Tenho-vos dito isto, para que em mim tenhais paz; no mundo tereis aflições, mas tende bom ânimo, eu venci o mundo”.

MÚSICAS ANTI BIBLICAS !

Conheço centenas de músicas cujo conteúdo está claramente fora da Biblia. Vou citar apenas uma :

Deus não rejeita oração – Errado. Jonas orou pedindo a morte e Deus rejeitou o seu pedido.
Moisés pediu a Deus para entrar na terra, e não foi atendido em sua petição.
Paulo intercedeu a Deus pelo espinho na carne que ele tinha, e Deus nunca o atendeu neste sentido.

Oração é alimento – Errado. O crente é alimentado pela palavra de Deus.

Nunca vi um justo sem resposta – Errado. Nem sempre Deus nos responde como desejamos. Ana ficou um tempão sem resposta. Só quando fez um voto ao Senhor, teve a sua oração finalmente respondida.

Ou ficar no sofrimento – Errado. Todos nós sofremos. Jesus nos preveniu disto. Agora, temos a sua ajuda e companhia para vencermos as aflições.

Uma outra música muito veiculada diz que “Voce tem cara de vencedor”. Temos rosto, como seres humanos que somos.

Essa mesma música é bastante controvertida, pois, o seu tema e enredo central, é uma triste apologia a desunião do corpo de Cristo, na medida em que faz referencia a quem me viu por baixo, terá, agora, que me engolir ao me ver por cima. Ou seja, fala de geral, plateia, palco, vingança,  revanche, troco, coisas assim. Infelizmente isto é cantado imperceptivelmente em tudo que é igreja.

Essa música – não chamo de louvor nem de hino, acabou incentivando muitos outros compositores a escrever nessa veia. O tema central é : “Voce que tá rindo de mim, vai se arrepender depois. Hoje eu to na galera, por baixo, na pior, mas amanhã vou estar no palco, e, claro, meus inimigos me aplaudindo”.

Deus não nos abençôa para que voltemos nos nossos inimigos e lancemos a nossa vitória no rosto deles, não. Deus nos abençôe porque ele é misericórdioso e principalmente, para que o seu nome seja glorificado em nós.

Jo 09.01-03 E, passando Jesus, viu um homem cego de nascença.

Vers. 02 E os seus discípulos lhe perguntaram, dizendo: Rabi, quem pecou, este ou seus pais, para que nascesse cego?

Vers. 03 Jesus respondeu : Nem ele pecou nem seus pais; mas foi assim para que se manifestem nele as obras de Deus.

Existem as excessões, sim. Há muitos bons hinos verdadeiras mensagens de Deus para nós. Que Deus conserve os poucos escritores e intérpretes cristãos que temos, para a preservação do que há de melhor em nossos louvores a Deus nesses tempos do fim.

Que Deus abençôe a sua igreja e o seu povo de um modo geral, a saber separar o joio do trigo, e nos alimentemos com um louvor diferenciado, como o louvor de Davi, Paulo e Silas e tantos outros que nos dias atuais, tem dado sequencia a este sério compromisso com Deus, como verdadeiros Levitas da casa do Senhor.

Sl 150.01-06 Louvai ao SENHOR. Louvai a Deus no seu santuário; louvai-o no firmamento do seu poder.

Vers. 02 Louvai-o pelos seus atos poderosos; louvai-o conforme a excelência da sua grandeza.

Vers. 03 Louvai-o com o som de trombeta; louvai-o com o saltério e a harpa.

Vers. 04 Louvai-o com o tamborim e a dança, louvai-o com instrumentos de cordas e com órgãos.

Vers. 05 Louvai-o com os címbalos sonoros; louvai-o com címbalos altissonantes.

Vers. 05 Tudo quanto tem fôlego louve ao SENHOR. Louvai ao SENHOR.

Pastor EDUARDO SILVA



Nenhum comentário: