terça-feira, 10 de agosto de 2010

Como foi a Partida de Filipe !


(Era o seu último aniversário conosco. Nem imaginávamos - 19.12.2009).


(19 anos, uma data para nunca ser esquecida - 19.12.1990). Saudades muitas !


(18 anos de Filipe comemorados no Brasil, seu penúltimo aniversário em Vida. A Deinha e o papaizinho, como ele mesmo dizia carinhosamente).



(Foto tirada em Dallas,Texas - USA, em 2007), Filipinho como sempre, muito feliz).


Sábado, 07 de agosto de 2010, mesmo estando Filipe internado na UTI do hospital HGU em Petrolina, dei aula durante todo o dia no ISEBES-Instituto Superior de Educação Beth-Shalom, numa turma do Curso de Bacharel em Teologia, ministrando a disciplica : INTRODUÇÃO AO ANTIGO TESTAMENTO.

Logo cedo fomos à UTI visitá-lo. No interva-lo do almoço voltamos lá. Às 16:30 hrs., fomos à ultima visita do dia. Nesta, ele pediu a minha a sua mãe para cantar : "O homem de Branco, e Chora nos pés de Jesus", o que ela fez repetidas vezes. Quando entrei - só entrava uma pessoa por vez naquela unidade, ele me pediu o mesmo. Depois, ficaram com ele a minha sogra e a inseparável Deinha (Andréa Carla), que cuidou dele como se fosse o seu filho.

Parece que estou ouvindo ele me dizendo ? "Papaizinho, fica aqui comigo, canta o homem de branco, canta, não vá embora, não, pega na minha mão - ele não queria que soltássemos a sua mão" !... Era como se ele estivesse sentindo que o seu momento, a sua partida estava chegando. Aliás, ele como profeta de Deus, algumas vezes chegou a nos dizer que "Jesus o estava chamando", ou que ele "Queria morar com Jesus". Algo marcante e que não dá pra sair da memória nunca. O exemplo de vida que ele deixou, quem com ele conviveu pode melhor confirmar. Era um moço feliz, alegre, um adorador por excelência. Como não podia mover as mãos, louvava a Deus com o seu corpo, movendo-o lentamente como ele podia. Fazia percussão com a boca, já que não podia bater com as mãos e nunca "NUNCA" reclamou de Deus nem da vida. Que exemplo.

Queria estar em todos os cultos, nós não o levávamos pelas dificuldades de locomoção que ele tinha; para preservá-lo. Ser feliz, adorar a Deus como ele fazia, manter um semblante alegre e vitorioso diante de tantas adversidades, não é algo tão comum em nossos dias. Reflitam sobre isto. Repensem o reino de Deus, revejam seus conceitos.

Ele havia tido uma consideravel melhora, tanto que os médicos nos prometeram colocá-lo num apartamento, já no dia seguinte. Saimos de lá radiantes, felizes e fui para o computador informar isto aos meus amigos espalhados pelo mundo. Na verdade, em decorrencia da Distrophia Muscular que já havia atingido seus pulmões, coração, gargante e outros órgãos, ele estava se alimentando por sonda nasal, respirando com a ajuda de aparelhos e com o coração altamente comprometido.

Quando eu estava digitando, fui chamado à ir ao hospital urgentemente. Entendi que Deus o havia recolhido, e assim foi. Saimos de lá às 17:00 hrs., e Deus o recolheu às 18:40. O Senhor atendeu a dois pedidos nossos. 1) Que o Senhor, se não quisesse curá-lo, que não permitisse ele ficar no estado que essa doença deixa em sua fase final - em pele e ossos. 2) Pedi ao Senhor tambem que, se ele tivesse que partir, que fosse num local onde ele tivesse ao seu dispor todo atendimento médico possivel, e assim foi. Entendemos que ele partiu porque a sua hora chegou, Deus o emprestou à nós para cuidarmos dele só até àquele momento. Foram 19 anos, 7 meses e 18 dias bem vividos ao lado de um verdadeiro anjo de Deus.

DEUS ME MOSTROU QUE O RECOLHERIA

No manhã de 3A FEIRA PASSADA, DIA 03 DE AGOSTO, eu estava semi acordado quando o Senhor me mostrou a seguinte visão. "Eu e a sua mãe Ziran, caminhávamos com o filipe na cadeira de rodas, subindo uma alta e longa montanha, coberta de uma linda grama. Era uma dificuldade imensa subir com ele na cadeira de rodas, sobre àquela grama movediça, devido ao seu peso - quase 70 kg. Ao chegarmos no topo da montanha, começávamos a descer. Nesse momento, ele ameaçou cair da cadeira, pois, não estava com o cinto de segurança posto, e,como ele não tinha controle sobre o seu corpo devido ao avançado estado da doença, naturalmente ele foi jogado à frente inevitavelmente.

Nesse instante veio um anjo do Senhor e o recolheu em seus braços, o levando consigo para os céu, e nós, naquela visão, ficávamos apenas olhando e glorificando a Deus. Em seguida eu pude ver no céu claramente, por trás de uma linda cortina, milhares de pessoas transitando, dentre eles eu identificava o nosso Ebnézer Filipe, perfeito, andando no meio do povo na pátria celestial, com um ar feliz, saudável, vitorioso".

Fiquei toda a 4A feira querendo contar esta visão à Ziran, mas, relutei, esperando o melhor momento. Finalmente, na 5a feira, um dia após Deus ter me mostrado tudo isso, esperei o momento adequado e contei. Disse-lhe que eu tinha certeza de que Deus o recolheria, com o que ela concordou mesmo sendo isto para nós algo muito forte, dificil, uma dor indescritível. No dia seguinte, 6A Feira 06 de agosto, ele foi socorrido em estado grave. No sábado seguinte Deus o recolheu em seus braços. Bendito Seja o Senhor !. Da visão ao cumprimento passaram-se apenas 4dias. Deus é tremendo"!

Temos a plena certeza de que fizemos por ele o que nos foi possivel. Moramos nos Estados Unidos por quase 6 anos, onde ele teve acompanhamento médico com os melhores cientistas dessa doença no mundo. Lutamos, sofremos, mas, eu não diria que a morte prevaleceu, e sim, que a vida eterna triunfou. Está com o Senhor e em breve estaremos com ele. Em nada isto nos faz deixar de crer no Deus a quem servimos. Apesar de tudo, Deus continua Deus. Orem por nós, precisamos muito e sempre.

______________________________________________

Seu Pai, EDUARDO SILVA 

4 comentários:

Syrlane Albuquerque disse...

Pai Sogro, eu estou chorando muito agora com esse post. Como eh triste saber que Filipinho partiu... Eu daria tudo para estar ao seu lado nos seus ultimos dias. Que Deus nos de forca como familia para passarmos por esse momento tao dificil!!

tIO InhO disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Carlos Júnior disse...

Louvado seja o Deus que nos dá a certeza da Vida Eterna! Felipe eternamente nos braços do "Quarto Homem", face à face com o "Deus de Providência". Com o coração apertado, porém feliz no Senhor, deixo meus sentimentos na certeza de que o Santo Espírito Consolador transborda Sua doce presença entre vós. Cordiais saudações de Paz.

Vosso irmão,
Carlos Júnior

israel batista disse...

é Deus queria o nosso filipi ao seu lado, e nós mero mortais obra criadas de suas mãos temos que acatar qualquer ordem e desejo do senhor, hoje é um anjo de luz cantando no coral celeste, sei o tamanho da dor que vcs estão sentindo, mas Deus é misericordioso e vos consolará Deus abençoe vcs e dê muita paz e conformação amo vcs dois os seus hinos tem me enriquecido espiritualmante aleluia e Glória ao Deus que servimos